quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Demian Maia esbanja confiança em disputar cinturão: "Tem que ser eu"

No próximo sábado (12), Demian Maia estará presente como espectador no UFC 205, em Nova York (EUA), e de olho no duelo pelo cinturão dos meio-médios (77 kg) entre Tyron Woodley e Stephen Thompson. Isso porque o especialista de jiu-jitsu, que coleciona seis vitórias consecutivas, espera ser o próximo desafiante ao título da categoria.

Em entrevista ao site 'Bloody Elbow', Demian esbanjou confiança ao falar sobre suas chances de ter uma luta pelo cinturão.

"Estou muito confiante que ganharei o próximo "title-shot"(luta pelo cinturão). Tem que ser eu. Nós temos que manter na cabeça que isso é um esporte para continuar crescendo. O equilíbrio entre espetáculo, entretenimento e esporte é muito importante. E, atualmente, eu não vejo ninguém na divisão dos meio-médios merecendo a próxima disputa de cinturão mais do que eu", afirmou Demian, antes de lembrar que outros atletas da divisão conseguiram um "title-shot" mesmo sem uma boa sequência.





"Se você analisar as últimas disputas de cinturão nos meio-médios, salvo engano, o Woodley conseguiu o "title-shot" depois de duas vitórias seguidas. Condit ganhou depois de uma, Lawler com três triunfos consecutivos e depois com apenas dois. Nick Diaz lutou pelo título após uma derrota. Rory com três vitórias… As únicas exceções foram o Hendricks, que lutou após seis resultados positivos seguidos, e o Wonderboy agora, que ganhou a merecida disputa de cinturão depois de sete triunfos seguidos", declarou.

Aos 39 anos de idade, Demian Maia está no UFC desde 2007 e, no momento, vive a melhor fase da carreira, com seis vitórias consecutivas. Especialista em jiu-jitsu, o paulista coleciona na carreira um cartel com 24 vitórias e seis derrotas.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário