quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Combates incríveis no Arena Fight Night 4 agitaram Campos dos Goytacazes

Na noite do último sábado, 27, Campos dos Goytacazes, região litorânea do Rio de Janeiro, recebeu a quarta edição do Arena Fight, realizada no ginásio do Tênis Clube de Campos.

O norte fluminense, conhecido pela forte produção de petróleo, pôde assistir a 11 lutas, das 12 programadas. Por problemas de saúde (furúnculo), a atleta Edlaine Irmã, não foi liberada pela confederação e teve sua luta cancelada. Nada que atrapalhasse o torneio, que seguiu tranquilamente com os combates.

Dentre as lutas, a festa ficou por conta das disputas de cinturão. O duelo principal da noite entre Ary Santos (Arena Champs/Nova União) contra Leandro Mau Mau (Arruda Team) e Amanda Torres (Arena Champs/Nova União) contra Kakau Costa (PRVT).

Com vitórias de Ary Santos por finalização no 1º round, encaixando um triângulo, e Amanda Torres também por finalização, um mata leão, no 3º round.

De acordo com Leandro “Sete Bala”, organizador do Arena Fight Night, o torneio teve uma aceitação positiva “O público saiu de lá muito satisfeito diante das lutas, da organização do evento. Estou vibrante e emocionado até agora. Feliz por tudo.” Afirma satisfeito.

E para ele teve uma luta que se destacou, embora tenha gostado de todas as lutas da noite. “Uma luta que chamou muito a minha atenção foi a do Rudiney “Pittbull” Carvalho, esse garoto é um talento da nova geração da Arena Champs. Ele travou uma guerra contra o cubano Marceliandré Escobar, que aguentou muita pancada. Foi um show de trocação.” Diz Sete Bala.

A quinta edição do Arena Fight Night já tem data e segundo a organização, a data será divulgada ainda essa semana e promete um card com grandes nomes, assim como foi a quarta edição.

Confira os resultados do Arena Fight Night 4

Até 70kg – Ary "No Mercy" Santos venceu Adriano Oliveira por finalização (triângulo) aos 0:45 do 1o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 52kg – Amanda Torres Sardinha venceu Kakau Costa por finalização (mata-leão) aos 04:13 do 3o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 61kg – Rudney “Pitbull” Carvalho venceu Marceliandré Escobar por decisão unânime. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 70kg – Rodrigo “Kanu” Ferreira venceu Rodrigo Oliveira por finalização (katagatame) aos 04:13 do 1o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 77kg – Patrick Furtado venceu Cleiton Prisco por nocaute técnico (socos) aos 01:42 do 1o. round. (árbitro: Bruno Machado)
Até 110kg- Anemilson Azeredo venceu Wesley Martins por decisão unânime. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 57kg – Wagner Rocha venceu Natan Oliveira por finalização (katagatame) aos 03:39 do 1o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 66kg – Carlos “Rapadura” Gouveia venceu Renan Martins por finalização (triângulo) aos 01:21 do 1o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 70kg – Henrique Madureira venceu Jairo Ribeiro por nocaute técnico (socos) aos 02:40 do 2o. round. (árbitro: Bruno Machado)
Até 66kg – Alex “Zeca” Souza venceu Lyon Capoeira por finalização (guilhotina) aos 0:17 do 1o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)
Até 70kg – Cláudio Santos venceu Leilson Alemão por nocaute técnico (socos) aos 04:02 do 1o. round. (árbitro: Lenilson Tenório)





Por: Renato Nogueira/MMA4Ever
Foto: Claudnei Dutra/MMA4Ever

Nenhum comentário:

Postar um comentário