sexta-feira, 15 de abril de 2016

Rafael dos Anjos defende cinturão contra Eddie Alvarez em 7 de julho

O Ultimate anunciou nesta sexta-feira a luta principal de seu evento do dia 7 de julho, o primeiro de três da anual "Semana Internacional de Lutas", que culminará no UFC 200 de 9 de julho. O brasileiro Rafael dos Anjos, atual campeão dos pesos-leves, vai defender o cinturão contra o americano Eddie Alvarez, ex-campeão do Bellator e atual primeiro colocado do ranking da categoria no UFC. O torneio será sediado na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas.

Será a segunda defesa de cinturão de Rafael dos Anjos; em dezembro, o niteroiense derrotou Donald Cerrone para se preservar como campeão. Ele foi escalado para enfrentar Conor McGregor em 5 de março, mas quebrou o pé com cerca de duas semanas para o evento e foi forçado a desistir da luta. Nate Diaz tomou seu lugar, venceu e fará uma revanche contra o irlandês na luta principal do UFC 200, evento histórico em 9 de julho na nova T-Mobile Arena, em Las Vegas. Dos Anjos acabou relegado a um UFC Fight Night, que terá transmissão na América do Norte e em alguns outros países pelo mundo apenas no UFC Fight Pass, canal digital da franquia. Será a primeira luta masculina valendo título exibida exclusivamente pela plataforma. No Brasil, o evento terá transmissão do canal Combate.

O cinturão de Dos Anjos será também o primeiro de quatro que estarão em disputa durante a Semana Internacional de Lutas. No dia seguinte, sexta-feira dia 8 de julho, a polonesa Joanna Jedrzejczyk defende o título peso-palha contra a brasileira Cláudia Gadelha; no UFC 200, estarão em jogo o cinturão peso-galo feminino, entre a americana Miesha Tate e a brasileira Amanda Nunes, e o cinturão interino peso-pena, entre o brasileiro José Aldo e o americano Frankie Edgar.





Eddie Alvarez se junta a Benson Henderson como lutadores com possibilidade de se tornar o primeiro a conquistar títulos tanto no UFC como no Bellator. Henderson, ex-campeão peso-leve do Ultimate, disputa o cinturão dos pesos-meio-médios da companhia rival em 22 de abril, contra Andrey Koreshkov. Alvarez foi campeão dos leves do Bellator entre 2009 e 2011, e novamente entre 2013 e 2014, antes de encerrar seu contrato e assinar com o UFC. Após perder sua primeira luta na franquia, contra Donald Cerrone, Alvarez derrotou Gilbert Melendez e Anthony Pettis, outro ex-campeão do UFC, para conquistar a oportunidade de disputar o cinturão. Ele tem um cartel de 27 vitórias e quatro derrotas.

Pouco depois do anúncio, Rafael dos Anjos se pronunciou nas redes sociais sobre a luta: "Eu não escolho luta, pra mim missão dada é missão cumprida. Rumo a mais uma vitória e de se tornar o melhor peso leve de todos os tempos".

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário