segunda-feira, 21 de março de 2016

José Aldo quer revanche e provoca McGregor: "Ele vai dormir gostoso"

José Aldo quer muito lutar de novo contra Conor McGregor e questiona porque não teve direito a revanche imediata. Em entrevista ao Esporte Espetacular, o lutador amazonense conta como teve apoio da família para superar a derrota; explica as razões por que não aceitou substituir Dos Anjos e encarar o irlandês em outra categoria, e afirma que vai botar McGregor para dormir quando encará-lo de novo.

Na casa de quem era o único campeão peso-pena do UFC não há espaço para a perda do cinturão e nem para o nocaute sofrido para Connor McGregor, José Aldo está focado em entrar no octógono de novo contra o irlandês.

- Estou esperando já essa revanche. Para mim isso já é certo. Não vejo como eles não darem. Já fizeram pesquisa e sempre me colocaram na frente, até porque não teve luta. Todos querem me ver batendo nele, então é isso que eu vou fazer. E eu vou passar por cima dele isso é fato. Não vejo outro cenário na minha cabeça além desse: Eu chegando lá, vencendo e pegando meu cinturão de volta.

Mas o americano Frank Edgar, que já foi derrotado por José Aldo, também pediu para enfrentar o irlandês. Para que o brasileiro seja o escolhido pelo UFC o técnico Dedé Pederneiras promete fazer barulho através da imprensa especializada.

- Na verdade a gente vai ter que jogar o jogo que o McGregor jogou. A gente vai falar, vai trazer os holofotes da mídia pra cima. Para que o pessoal queira mais a luta do Aldo com McGregor do que a luta do Frank com o McGregor.  

Só que até o momento o chefão Dana White não parece ter se sensibilizado.

Connor McGregor tirou de Aldo o cinturão dos penas, até 65 kg. Depois, subiu para a divisão dos leves, até 70 kg, para desafiar o campeão Rafael dos Anjos, que acabou se machucando. O irlandês então enfrentou o americano Nate Diaz na categoria acima, meio-pesados até 77 kg, e foi derrotado com um mata-leão.

- McGregor batendo é um leão, mas apanhando é um gatinho. Todo mundo viu nos olhos dele que ele não é nada mais que um frouxo. Que quando tá apanhando pede logo pra ir embora, foi isso que a gente viu. Assim quando ele bater o peso pena...  

E fala diretamente com o irlandês

- Eu sei que você tem que bater o peso, você vai voltar com o rabo entre as pernas para a categoria depois do que aconteceu. Depois do que o Nate fez, você passar a vergonha que passou, você vai voltar! E a minha mão pegou raspando, mas quando ela pegar de jeito pode ter certeza que você vai dormir gostoso – afirma um desafiador Aldo.





A chance de colocar o irlandês para dormir o manuara já teve quando foi convidado para substituir um então lesionado Rafael dos Anjos. Mas afinal porque ele não aceitou lutar com McGregor naquele momento.

- Porque eu não aceitei lutar com McGregor? Primeiramente quando eles quiseram que eu lutasse nessa categoria acima da minha. E nem valendo cinturão era! Como é que eu vou disputar um cinturão de 70 quilos com ele? Principalmente porque foi em cima da hora. Fomos chamados na terça para lutar no sábado que vem. Para mim não tinha luta, não tinha disputa de cinturão, não tinha revanche. Não tinha nada. A gente ia lutar numa categoria de cima valendo por nada! Eu luto com ele a hora que ele quiser no peso-pena - encerra ele

Por: Globo Esporte
Foto: Priscila Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário