segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Spider diz que provocação de Bisping não o afeta: "Não tem brilho próprio"

Na última quinta-feira, o UFC promoveu o Media Day para o duelo entre Anderson Silva e Michael Bisping, que marca o retorno do Spider ao octógono após suspensão por doping. O duelo está marcado para o dia 27, em Londres. O inglês provocou o brasileiro durante um encontro entre os dois, mas o ex-campeão garante que não está preocupado com as ironias do adversário.

- Quem tem boca fala o que quer. Psicologicamente, você tem que estar preparado para essas coisas. É assim mesmo, não tem jeito. Alguns não têm brilho próprio e vão tentar ofuscar teu brilho, vão tentar te ferrar de alguma maneira. Você tem que estar preparado, é normal. Eu sou um praticante de artes marciais. As artes marciais me ajudam a controlar minhas emoções. Eu busco isso todos os dias, ser um ser humano melhor. É uma coisa que o mestre (Ricardo) De la Riva fala muito, não só para mim, mas para todos os alunos dele. Então, eu não estou preocupado com provocação. Eu quero é ser feliz - disse Anderson, em entrevista ao SporTV.

O Spider também comentou a declaração do atual campeão dos médios, Luke Rockhold, que gostaria de enfrentá-lo.





- Todo mundo quer me bater. Dar dinheiro ninguém quer, mas me bater todo mundo quer.

Anderson Silva foi punido com um ano de suspensão pela Comissão Atlética de Nevada, após o combate com Nick Diaz, em janeiro do ano passado. Um exame acusou o uso da substância drostanolona, que melhora a potência muscular. O lutador nega que tenha feito uso de anabolizantes, mas garante que não pensa mais na punição.

- Não me incomodo com muita coisa, só me incomoda covardia. Mas eu estou bem, está tudo certo. Águas passadas não movem moinhos. Já passou, é página virada. Acho que faltou um pouco de entender o que realmente aconteceu. Mas já passou, já foi.

Por: SporTV
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário