quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Ronda prevê luta mais longa do que suas quatro últimas (somadas!)

Parte do fascínio sobre Ronda Rousey está no seu talento de decidir combates rapidamente. Foi com vitórias relâmpago que ela bateu suas últimas quatro rivais. Mas, neste sábado, na Austrália, ela prevê durar mais tempo dentro do octógono, na defesa de cinturão contra a também norte-americana Holly Holm.

Ronda vem de vitórias sobre Bethe Correia (34 segundos), Cat Zingano (14s), Alexis Davis (16s) e Sara McMann (66s). Somados, são dois minutos e dez segundos de ação. Agora, a previsão é bem diferente.

“Acredito em uma luta de dois rounds. Holm é mais preparada que a Beth. Tem uma trocação melhor que ela. Será bem diferente’, disse Rousey, ao site do UFC.

Não pense, no entanto, que ela não quer seguir chocando o mundo. Desta vez, segundo a campeã, será apenas diferente. “Eu surpreendo as pessoas o todo tempo. E vou fazer isso de novo.”





Ronda e Holm já estão em Melbourne, e desta vez o clima é mais tranquilo, comparado à rivalidade quente que foi nutrida com Bethe Correia antes do UFC 190.

“É bom poder só se concentrar na luta e saber que tem uma adversária também só focada nisso. Que existe respeito. No começo é necessário um pouco de rivalidade, mas depois, quando chegamos à essa altura do evento, não faz mais sentido”, afirmou a campeã.

Holm também mostrou confiança em suas armas. Afirmou que não conta com Ronda apostando apenas em derrubá-la e as pessoas também não devem considerá-la perigosa apenas em pé.

“Sou uma lutadora diferente hoje. Eu sei que ela melhorou sua trocação. Mas acho que as pessoas ainda subestimam o fato de eu também ter crescido como lutadora de MMA, em geral. Não sou só uma boxeadora. Se eu planejasse só boxear, teria ficado no boxe.”

Por: UOL Esporte
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário