quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Conor McGregor revela angústia em turnê do UFC: "Macaco no zoológico"

É difícil imaginar Conor McGregor sufocado com a atenção da mídia. Os vários momentos do irlandês frente às câmeras fizeram com que ganhasse o rótulo de falastrão e fenômeno do marketing. Contudo, o campeão interino do peso-pena do Ultimate nem sempre está tão a vontade como faz parecer.

Em entrevista ao "BT Sport", McGregor revelou que a turnê mundial de promoção do UFC 189, programado para ser uma disputa de cinturão contra José Aldo, foi um dos desafios para chegar ao octógono. Mesmo após a saída do brasileiro do card, substituído por Chad Mendes, o lutador continuou se sentindo preso e pouco confortável.

- As pessoas não sabem quantas coisas tive que superar para estar no octógono naquela noite. Na turnê mundial tive muitos compromissos com a imprensa e por vários momentos me senti como um macaco no zoológico, preso na jaula. Eles me davam uma banana e me obrigavam a dançar. Encarei adversidades e trabalhei muito duro para estar lá.

Após a vitória contra Chad, Conor tomou a decisão de voltar ao país de origem. Sem saber como reagir ao delírio dos irlandeses em casa, McGregor desembarcou e se sentiu bem ao ser tratado como estrela. O lutador ainda brincou com os fãs mirins, que o colocam no mesmo patamar de um representante de uma "boy band".





- Quando eu estava em Las Vegas e Los Angeles, pensando em voltar (para a Irlanda), imaginei que seria insano. Tinha que descobrir como eu voltaria, ia ser muito intenso. Eu não posso vir aqui para treinamento e camp. Seria como se eu estivesse num aquário. Mas voltei e, cara, eu amo esse lugar, esta é a minha casa. É muito bom andar na rua e ver um garotinho, ver que ele é um fã e está tremendo. Um dia estávamos no comendo e tinha uma garota sentada. Eu me virei e ela estava em prantos, literalmente em lágrimas, como se eu fosse alguém do “One Direction”.

Conor McGregor tem mais um compromisso marcado para 2015. No dia 12 de dezembro, o irlandês faz a tão esperada luta contra José Aldo, no UFC 194, em Las Vegas, nos EUA, valendo o cinturão unificado dos penas da organização.

Por: Combate
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário