terça-feira, 10 de novembro de 2015

Claudinha revela promessa do UFC em não tratá-la como Miesha

Atual número 1 do ranking das desafiantes peso-palha (52 kg) do UFC, Claudia Gadelha acreditava que seria a próxima atleta a ter a chance de disputar o cinturão de Joanna Jedrzejczyk, mas acabou assistindo Valerie Letourneau furar a fila e roubar seu posto.

Apesar de um pouco decepcionada com a situação, a atleta da Nova União ouviu da boca de Sean Shelby, matchmaker do Ultimate, a promessa de que ela será ela a próxima desafiante depois da luta entre Joanna e Valerie, marcada para esse sábado (14).

"Eu conversei ontem (sexta passada) com o Sean e ele até falou para mim em inglês 'I won't Miesha Tate you' (algo como, não foi fazer como aconteceu com Miesha Tate). No meu caso é totalmente diferente. Miesha perdeu duas vezes e a terceira luta querem evitar, mas a minha luta com a Janna foi diferente. Ela não me finalizou nem nocauteou, e até ela quer essa luta. É totalmente difefente. Eu acredito que essa luta vai acontecer agora", afirmou a brasileira a um grupo de jornalistas durante o UFC São Paulo.





Claudinha revelou que estará na Austrália nesta semana para assistir a luta entre Joanna e Valerie. Além disso, ela afirmou que a possível data para sua luta pelo cinturão é em fevereiro de 2016, apesar de ainda não ter local definido.

"Eles querem que eu lute em fevereiro. Eu estarei na Austrália nessa semana. Vou ver a luta e eles falaram que quem vencer a luta eu vou enfrentar em fevereiro. Se tiver que entrar (no octógono para desafiar), vou entrar", revelou.

Sobre o duelo de sábado, Claudia Gadelha acredita e espera que a polonesa leve a melhor para que ela possa fazer a revanche da luta que perdeu por decisão dividida em dezembro de 2014.

"Acredito que a Joanna vence. Eu quero que ela vença, porque quero lutar com ela de qualquer jeito. Acho que ela consegeu o nocaute. A Valerie é boa, mas acaba perdendo performance ao longo da luta por causa do peso. A Joanna deve nocautear no segundo ou terceiro round", disse Claudinha.

Por: Ag. Fight
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário