quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Minotauro: "Fiz 22 cirurgias na minha carreira e hoje estou todo quebrado"

Ninguém duvida da capacidade de superação e resistência à dor de Rodrigo Minotauro. O hoje ex-lutador passou por quase tudo que um atleta poderia passar, dentro e fora do octógono e dos ringues, durante seus 14 anos de carreira como profissional. Em entrevista ao site "Sherdog", o brasileiro revelou que o caminho que ele trilhou nos últimos anos foi muito mais tortuoso do que as pessoas imaginam.

- Passei por um total de 22 cirurgias, e hoje estou todo quebrado. Comecei minha carreira muito cedo, aos 11 anos de idade, quando fui atropelado por um caminhão, mas os últimos cinco anos foram os mais difíceis. Nesse período eu fiz oito cirurgias e tenho 16 pinos de metal no meu braço direito, do cotovelo ao ombro, e eles doem muito nos treinos, e também quando há uma mudança no clima. Também operei meu braço esquerdo uma vez, e o quadril, duas. Essas quatro cirurgias foram determinantes na minha decisão de parar de lutar.

O médico Marcio Tannure, que também participou da entrevista, revelou que Minotauro enfrentou Roy Nelson, em Abu Dhabi, com uma torção no ligamento do joelho.

- Quando cheguei a Abu Dhabi na semana da luta, Minotauro me disse que, durante um treino de sparring no dia anterior, sentiu um estalo no joelho e achava que algo havia acontecido. Faltavam três dias para a luta, e ele mal conseguia andar quando subiu no octógono. Eu disse a ele que poucos seres humanos conseguiriam lutar com uma dor tão forte. Esse cara definitivamente é um ciborgue.





Por: Combate
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário