quarta-feira, 1 de julho de 2015

Dirigente do Ultimate fala sobre saída de José Aldo do UFC 189, dia 11 de julho

Um dos mais abatidos com o cancelamento da luta entre José Aldo e Conor McGregor, que estava prevista para o UFC 189, dia 11 de julho, em Las Vegas (EUA), era Dana White. O presidente do UFC foi quem deu a notícia e a primeira entrevista após a decisão ao programa Sportscenter, da ESPN. O mandatário lamentou a situação na qual o brasileiro se encontra, mostrou insatifsfação com a lesão na costela do campeão e citou a oportunidade de Chad Mendes, que substitui Aldo no confronto e disputa agora o cinturã interino com o irlandês.

- Pederneiras, seu treinador, me ligou e basicamente disse que a lesão é muito dolorida, ele não vai lutar. Então, Chad Mendes vai enfrentar Conor McGregor pelo cinturão interino. José Aldo já se retirou de cinco lutas de título. Conor está pronto. O cara número um no mundo, Chad Mendes, está pronto para lutar. Então, isso faz sentido - explicou o mandatário, que completou revelando seu sentimento em relação a desistência do brasileiro.





- Quando Aldo estiver pronto, vamos fazer a luta pela unificação dos títulos. É a decisão dele. Não me sinto muito bem com ela, gastamos muito dinheiro promovendo essa luta. Existem muitas pessoas empolgadas para essa luta. Definitivamente é algo decepcionante - declarou o mandatário.

José Aldo lesionou a costela durante um treinamento na semana passada. O brasileiro levou um chute rodado de um companheiro de treinos que escorregou e o machucou. Um laudo brasileiro apontou uma fratura na região, mas um laudo americano diagnosticou um edema ósseo e um machucado nas cartilagens.

Por: LANCEPRESS!
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário