quinta-feira, 18 de junho de 2015

Werdum recebe suspensão médica de 180 dias após vitória sobre Velásquez

O Ultimate divulgou nesta quarta-feira as suspensões médicas do UFC 188, realizado no último sábado, na Cidade do México. Como o México não possui comissão atlética, a organização assumiu como órgão regulatório e determinou o tempo que cada lutador ficará de molho após o evento.

Campeão dos pesos-pesados após finalizar Cain Velásquez, Fabricio Werdum recebeu a maior suspensão: 180 dias. O brasileiro pode ser liberado antes caso exames de ressonância magnética do joelho direito e polegar direito, além de um raio-x do nariz, comprovem que ele está recuperado.

Além de Werdum, Gabriel Benitez, Francisco Trevino e Eddie Alvarez também foram suspensos pelo mesmo período. Cain Velásquez ficará na geladeira por 45 dias, sendo 30 sem contato físico, com lesões na pálpebra esquerda e na sobrancelha direita. Os atletas que não foram citados na lista das suspensões levaram gancho de sete dias.





Confira as suspensões do UFC 188:

Clay Collard: suspenso por 45 dias, sendo 30 deles sem contato físico por laceração no lábio superior
Alejandro Perez: suspenso por 30 dias, sendo 21 deles sem contato físico por laceração no infraorbital esquerdo
Henry Cejudo: suspenso por 30 dias, sendo 21 deles sem contato físico por laceração nasal
Cain Velásquez: suspenso por 45 dias, sendo 30 deles sem contato físico por lesões na pálpebra esquerda e na sobrancelha direita
Gabriel Benitez: suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um ortopedista por lesões no pulso e joelho direitos e polegar e pé esquerdos
Francisco Trevino: suspenso por 180 dias ou até ser liberado por um ortopedista por lesão no joelho direito
Fabricio Werdum: suspenso por 180 dias ou até ser liberado após exame de ressonância magnética do joelho e polegar direito e raio-x do nariz
Gilbert Melendez: suspenso por 30 dias, sendo 21 deles sem contato físico
Eddie Alvarez: suspenso por 180 dias ou até ser liberado por oftalmologista

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário