quarta-feira, 24 de junho de 2015

Shogun admite que TUF Brasil 4 acirrou rivalidade com Minotouro

Ex-campeão do UFC e Pride, Maurício 'Shogun' não vive uma boa fase no Ultimate, onde acumula quatro derrotas nas últimas cinco lutas e possui um cartel negativo, com oito reveses e apenas seis triunfos.  Treinador de uma equipe rival a de Minotouro durante o TUF Brasil 4, Maurício Shogun revelou que as gravações do reality show trouxeram de volta aquela velha rivalidade que originou o primeiro confronto, em 2006, onde o curitibano levou a melhor na decisão dos juízes, após três rounds épicos.

"A nossa rivalidade se acirrou, até mesmo porque treinamos equipes rivais no TUF Brasil, então estou muito empolgado. Espero uma luta dura. O Minotouro é um cara que tem um coração gigante, vai ser uma guerra igual a primeira vez. Ele parte para cima e é inevitável que a gente faça uma boa luta. Eu vou buscar a luta em pé, eu sei que é MMA, mas vejo essa luta acontecendo na trocação, já que o nosso forte é em pé", disse o curitibano em conversa com jornalistas, durante passagem pelo Rio de Janeiro.

O recente retrospecto negativo fez o curitibano deixar o Brasil e fazer toda sua preparação para enfrentar Rodrigo 'Minotouro', em 1º de agosto, no Rio de Janeiro, com seu antigo mestre Rafael Cordeiro, na academia Kings MMA, nos Estados Unidos, único time do mundo a ostentar dois cinturões do UFC, com Rafael dos Anjos e Fabrício Werdum.





Maurício Shogun deu maiores detalhes sobre o reencontro com o mestre que lhe treinou desde a faixa-branca até preta de muay thai, sua especialidade.

"O que me fez procurar o Rafael Cordeiro foi querer resgatar um pouco das minhas origens que são do muay thai. Como ele é um treinador especialista nessa modalidade, ele sabe me motivar e focar no meu ponto forte que é o muay thai. O Camp foi ótimo, o Rafael me conhece como ninguém e treinamos muito onde sou melhor, pois ele sabe o que eu posso render. A diferença entre o meu camp anterior e esse é que o Rafael é um cara que conhece sabe tirar o meu melhor. Isso é muito motivante", concluiu.

Na luta principal do UFC 190, a campeã dos galos (61kg) Ronda Rousey defende o cinturão diante da desafiante brasileira, Bethe Correia, em duelo de invictas.

Por: Ag. Fight
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário