domingo, 14 de junho de 2015

Finalização sobre Cain dá a Werdum bônus de "Performance da Noite"

A incrível vitória por finalização de Fabricio Werdum sobre Cain Velásquez, com uma guilhotina no terceiro round, na luta principal do UFC 188, na madrugada deste sábado para domingo, na Cidade do México, lhe rendeu não só o cinturão linear dos pesos-pesados, como também um cheque de US$ 50 mil (cerca de R$ 155 mil) pelo bônus de "Performance da Noite". Além do brasileiro, Patrick Williams, que finalizou Alejandro Pérez em apenas 23 segundos de luta, também com uma guilhotina, faturou o mesmo prêmio.

Na "Luta da Noite", Yair Rodríguez e Charles Rosa foram os premiados. Os dois fizeram um combate muito movimentado desde o início, com trocas de posições no solo e grandes momentos de trocação, especialmente por parte do mexicano, que venceu por decisão dividida e soltou uma série de golpes plásticos durante o confronto. Rodríguez foi superior nos dois primeiros assaltos, enquanto Rosa levou vantagem no último, quando conseguiu ficar por cima na maior parte do tempo, mas sem conseguir o nocaute ou a finalização.





UFC 188
13 de junho, na Cidade do México (MEX)

CARD PRINCIPAL

Fabricio Werdum venceu Cain Velásquez por finalização aos 2m13s do R3
Eddie Alvarez venceu Gilbert Melendez por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Kelvin Gastelum venceu Nate Marquardt por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do R2
Yair Rodríguez venceu Charles Rosa por decisão dividida (28-29. 29-28 e 29-28)
Tecia Torres venceu Angela Hill por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

CARD PRELIMINAR

Henry Cejudo venceu Chico Camus por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Efrain Escudero venceu Drew Dober por finalização aos 54s do R1
Patrick Williams venceu Alejandro Pérez por finalização aos 23s do R1
Johnny Case venceu Francisco Treviño por decisão unânime (triplo 30-27)
Cathal Pendred venceu Augusto Montaño por decisão unânime (triplo 29-28)
Gabriel Benítez venceu Clay Collard por decisão unânime (triplo 30-27)

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário