quinta-feira, 25 de junho de 2015

Exames salvam UFC 189, e José Aldo fará luta 'mais cara da história' com McGregor

Dana White respira aliviado. O UFC 189 está a salvo. Na noite desta quarta-feira, os exames médicos descartaram qualquer fratura na costela e liberaram José Aldo para encarar o irlandês Conor McGregor, na luta tratada pelo próprio presidente da organização como a 'mais cara da história do Ultimate Fighting Championship'.

Em comunicado publicado na noite desta quarta-feira, o UFC confirma que José Aldo sofreu apenas uma contusão no osso da costela e garantiu que brasileiro manifestou o desejo de manter o combate, um dos mais esperados da temporada e que valerá o cinturão da categoria dos penas.

Embora Aldo tenha manifestado o desejo e, por enquanto, a luta esteja confirmada, o Ultimate já se mostra prevenido. Caso o brasileiro não se recupere da lesão - muito mais leve do que a divulgada nos últimos dias - até a semana do evento, McGregor encarará o americano Chad Mendes pelo cinturão interino da categoria dos penas.





Aldo se lesionou no treinamento da última terça-feira, quando a notícia sobre o possível cancelamento do combate diante de McGregor surgiu.

O brasileiro campeão dos penas treinava com um sparring, que tentou dar um chute rodado, escorregou e acertou a costela de José Aldo. A lesão assustou, e o lutador imediatamente se dirigiu para realizar exames, os quais descartaram qualquer fratura.

Por: ESPN
Foto: Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário