quinta-feira, 4 de junho de 2015

Dana diz que Aldo negou acordo com a Reebok por conta de patrocinador

Depois que José Aldo criticou o acordo de patrocínio entre o UFC e a Reebok, o presidente do Ultimate, Dana White revelou, nesta quarta-feira, que o brasileiro está ganhando mais de patrocínio justamente por causa da parceria.

Não, José Aldo não assinou um acordo com a Reebok, mas, segundo Dana, o atleta foi procurado pela marca de tênis e acessórios esportivos e preferiu ficar com o seu patrocinador anterior, a Venum, que decidiu cobrir a oferta para não perder o campeão peso-pena como garoto propaganda.

- A Reebok foi atrás do José Aldo de uma forma bem agressiva e a Venum disse: "Vocês não vão levar o Aldo". E aí a Venum passou a pagar a mais para manter o José Aldo com eles - declarou, em entrevista ao "UFC Tonight" desta quarta-feira.





O chefão também rebateu a declaração do campeão peso-pena, que afirmou que não dá para comparar o acordo de uniformes do UFC com os acordo da NFL e a NBA porque, ao contrário dos atletas dessas organizações, os lutadores não recebem salários mensais no Ultimate.

- O UFC não está tendo a mesma renda que a NFL e a NBA. E esse é o primeiro acordo que nós fazemos com uma grande empresa de roupa esportiva, como a Reebok. Sabe, os lutadores não estão sendo bem tratados? Eles estão ficando com todo o dinheiro. Os lutadores são pagos cada vez que lutam. Toda vez que eles pisam no octógono, eles ainda serão pagos pela Reebok e ainda poderão continuar com os seus patrocinadores - finalizou.

Por: Combate
Foto: Erik Engelhart

Nenhum comentário:

Postar um comentário