terça-feira, 5 de maio de 2015

Georges Saint-Pierre revela que foi procurado para voltar no UFC 186

O canadense Georges St-Pierre foi sondado para atuar no UFC 186, realizado em Montreal no mês de abril. A informação foi confirmada pelo próprio lutador no programa "UFC Tonight" na última semana. Segundo o ex-campeão dos meio-médios do UFC, ele ainda não está pronto para retornar ao octógono, principalmente por conta da política antidoping da organização ainda não estar implantada e claramente definida.

- Dana me enviou uma mensagem perguntando se eu gostaria de lutar. Eu respondi que não estava pronto e que o programa antidoping ainda não havia sido implantado. Não era interessante para mim naquele momento. Honestamente não sei se e quando vou voltar. Por isso não disse que estou aposentado, porque não sei se voltarei um dia. Não quero colocar pressão sobre mim mesmo. Quando vejo as lutas eu me empolgo, sinto cada vez mais o ímpeto de lutar. Estaria mentindo se dissesse que não. Tenho me divertido mais nos treinos, mas minha decisão não pode ser baseada apenas na emoção. Tenho que ser também racional.





Saint-Pierre disse que teve um encontro recente com a cúpula do UFC, e que o assunto foi a contratação de Jeff Novitzky, um dos maiores especialistas em doping no mundo.

- Meu encontro com o UFC foi para falarmos da entrada de Jeff Novitzky. Ele é muito competente no que faz, e sei que foi um dos responsáveis por solucionar o mistério dos dopings de Lance Armstrong e Marion Jones. Vamos esperar para saber qual será o programa implantado no UFC. Estou empolgado para saber o que vai acontecer.

Perguntado se o doping de Anderson Silva teria lhe influenciado de alguma forma, GSP foi direto.

- Não me importo com Anderson Silva. Ele tem seus próprios assuntos para cuidar. Estou acompanhando os pesos-médios e espero que dê tudo certo para ele. Tudo tem acontecido muito rápido. Prefiro ficar de longe observando.

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário