quinta-feira, 28 de maio de 2015

Fora do UFC Goiânia, Yan Cabral mira retorno no UFC 190, em agosto

Diagnosticado com dengue, Yan Cabral foi cortado do UFC Goiânia, que acontece neste sábado. O brasileiro enfrentaria KJ Noons, mas teve de dar lugar ao compatriota Alex Caubói. O carioca garante que sua recuperação está sendo rápida e a volta aos treinamentos está sendo feita de forma precavida e ideal para sua melhor condição física.

- Já consegui voltar a treinar no final da última semana, com fisioterapia e fortalecimento para ombro e perna. Nesta semana voltei aos treinos de jiu-jitsu de leve porque ainda não posso pegar tão pesado para não ter recaída. Mas pouco a pouco vou voltando à forma perfeita - explicou, via assessoria de imprensa.

Há sete meses sem lutar e vindo de vitória por finalização (sua primeira pelo UFC) sobre o japonês Noyuki Kotani, no Rio de Janeiro, Yan lamentou não poder enfrentar K.J. Noons e não dar sequência ao seu bom momento. Porém já planeja uma possível volta ao octógono em sua cidade natal:

- Eu fiquei chateado por ter ficado doente e não poder encarar o K.J., pois seria uma boa luta, é um cara duro, eu gosto de estar sempre lutando e tinha conseguido minha primeira finalização no evento, estava otimista. Mas aconteceu. Agora estou na expectativa de lutar o mais rápido possível e torço para que fechem uma nova luta o quanto antes. No final de julho ou agosto seria excelente para mim, pois estou de mudança para Barcelona para acertar a vida pessoal e o bom do Rio de Janeiro é que estou em casa, então para fazer dieta tem tudo que sou acostumado a comer, não preciso viajar, não tenho que me adaptar a um fuso horário e a torcida por mim aqui é muito maior. Seria maravilhoso lutar no Rio novamente e, sem dúvidas, me deixaria bem feliz - diz o atleta, de olho no UFC 190, que acontece no dia 1º de agosto.





Torcida para Alex Caubói no confronto com K.J. Noons

O Ultimate precisou agir rapidamente para definir um novo adversário para o norte-americano K.J. Noons e optou pelo carioca Alex Cowboy, que perdeu em sua estreia pelo evento de Dana White para o tricampeão mundial de jiu-jitsu brasileiro, Gilbert Burns, o Durinho. Yan Cabral comentou o novo duelo formado e revelou torcida pelo compatriota.

- Eu conheço pouco do Caubói. A primeira luta que vi dele foi contra o Durinho e tive boa impressão, mas o jogo dele vai ter que ser diferente na minha opinião. Com o Durinho houve mais trocação e o K.J. é bem perigoso em pé, então acho que é melhor colar mais, encurralar fazendo-o gastar força na grade e tentar derrubar. Pode ser um caminho para conseguir a vitória. Vou torcer pelo Cowboy, por ser brasileiro e por ser amigo de amigos meus - concluiu.

Por: LANCEPRESS!
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário