sábado, 18 de abril de 2015

Werdum rebate declaração de técnico de Cain Velásquez: "Ele está inseguro"

Javier Mendez disse esta semana que Fabricio Werdum"vai levar uma surra maior que a de Junior Cigano" para Cain Velásquez, no UFC 188, dia 13 de junho, na Cidade do México. O Vai Cavalo tratou de responder e afirmou que isso demonstra a insegurança do treinador do campeão linear sobre seu pupilo para este combate, já que o americano não pisa no octógono há mais de um ano. O brasileiro foi além e sugeriu que os técnicos dos dois se enfrentassem, apostando que Rafael Cordeiro nocautearia Mendez com um chute frontal na barriga.

- O Velásquez é um cara que não fala muito e mostra dentro do octógono. O treinador dele também não vejo falar muito, mas deu essa declaração porque ele mesmo está inseguro, vendo que o atleta dele não está bem. Acho que ele vê isso como defesa, querendo promover dessa maneira, mas não me atinge em nada porque vou estar bem treinado. Minha confiança vem do treino, não preciso falar nada, não vou falar nada, mas se ele quiser fazer uma luta de treinador contra treinador com o Rafael Cordeiro, acredito que acabe em vitória por nocaute do mestre com um chute frontal na barriga. Chute frontal com curva ainda por cima (risos). Ia ser legal uma lutinha dos treinadores - brincou o campeão interino, em entrevista ao Combate.com.

Na semana passada, Fabricio Werdum participou do UFC Tonight, que tem o companheiro de Velásquez, Daniel Cormier, como comentarista. Os lutadores acabaram se envolvendo em polêmica, já que Cormier declarou que Cain está irritado com o brasileiro por levar o cinturão interino para todo lugar. A resposta do Vai Cavalo foi lembrando que ele e DC já treinaram juntos e, na primeira vez, Werdum o derrubou três vezes e conseguiu finalizá-lo após ser colocado para baixo. Cormier não teria gostado da brincadeira.





- Foi uma brincadeira porque conheço Cormier há muitos anos. Cheguei nos Estados Unidos há cinco anos, treinei com ele, ele me ajudou, ajudei no chão dele também. Tivemos uma parceria, depois ele começou a treinar com o Velásquez, mas foi uma brincadeira. Eu só falei a verdade do que aconteceu no primeiro treino. Derrubei três vezes, depois finalizei quando ele me derrubou. Eu mandei uma mensagem para ele depois (do programa) com vídeo, ele respondeu perguntando se eu acho legal isso. Na real, ele não achou engraçado (risos). Mas foi porque eu falei a verdade. E ele falou aquilo da cabeça dele, a produção me contou, o Velásquez não falou nada daquilo. Não é do Velásquez falar, a gente já sabe disso - contou, salientando que, diferente do que chegou a ser divulgado em alguns veículos, se referiu a treinos com Daniel Cormier, e não com Cain Velásquez.

- Não sei de onde tiraram que falaram que foi com Velásquez, nunca treinei com o Velásquez. O pessoal confundiu. Eu falei que cheguei na academia, disse que meu nome é Fabricio, ele falou que se chama Daniel Cormier. Foi com ele - concluiu.

UFC 188
13 de junho, na Cidade do México (MEX)

CARD DO EVENTO (até agora):

Peso-pesado: Cain Velásquez x Fabricio Werdum
Peso-leve: Gilbert Melendez x Eddie Alvarez
Peso-médio: Kelvin Gastelum x Nate Marquardt
Peso-mosca: Henry Cejudo x Chico Camus
Peso-meio-médio: Augusto Montaño x Cathal Pendred
Peso-palha: Tecia Torres x Angela Hill
Peso-pena: Charles Rosa x Yair Rodríguez
Peso-galo: Alejandro Pérez x Patrick Williams
Peso-leve: Francisco Treviño x Johnny Case
Peso-pena: Gabriel Benítez x Clay Collard
Peso-leve: Efrain Escudero x Drew Dober
Peso-meio-médio: Albert Tumenov x Hector Urbina

Por: Raphael Marinho/Combate
Foto: Eduardo Deconto

Nenhum comentário:

Postar um comentário