domingo, 26 de abril de 2015

Thominhas dá show, nocauteia rival e ganha elogios de Dana White

Um dos dois representantes brasileiros do UFC 186, que aconteceu neste sábado, em Montreal, Canadá, Thomas Almeida pisou no octógono pela segunda vez na carreira, dessa vez para enfrentar o dono da casa Yves Jabouin, que é haitiano, mas radicado no país canadense. E o atleta tupiniquim não se intimidou. Pelo contrário. Depois de ser derrubado no início e sair atrás na disputa, o lutador da Chute Boxe manteve o foco e, aos poucos, foi encontrando a distância e acertando os melhores golpes no rival, trabalhando socos e chutes alternados para confundir Yves e alcançar o nocaute técnico.

- Estou muito empolgado, o nocaute estava entalado, o Yves é muito duro, mas eu estou muito feliz de ter passado por ele - declarou o lutador, em entrevista feita ainda no octógono, logo após a luta.
O resultado foi tão expressivo que logo após o triunfo o presidente do UFC Dana White publicou uma mensagem em suas redes sociais para demonstrar o tamanho de sua empolgação.





- WOW! Thomas Almeida é mau! Lembre-se desse nome! Thomas agora é um 19-0 com 14 nocautes e 4 finalizações. Sua técnica é perfeita! - elogiou o patrão.

Foi a 19ª vitória de Thomas Almeida na carreira. Agora são 18 lutas finalizadas com nocautes ou finalizações e apenas uma vitória conquistada via decisão dos juízes - exatamente sua estreia no Ultimate, quando venceu Tim Gorman, em novembro passado.

Card preliminar é morno e cheio de decisões

As lutas da etapa inicial do show que aconteceu neste sábado somaram apenas duas finalizações em sete combates. Os destaques foram os triunfos de Alexis Davis, que finalizou Sarah Kaufman com uma chave de braço no segundo round e se recuperou da derrota para a campeão Ronda Rousey, em julho passado, e a vitória de Patrick Cotte diante de Joe Riggs após três rounds de uma luta bastante movimentada.

Por: LANCEPRESS!
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário