sexta-feira, 17 de abril de 2015

Lyoto aposta no caratê para neutralizar vantagem de tamanho de seu rival

Dezembro de 2011 Lyoto Machida foi superado por Jon Jones em duelo que foi marcado pela dificuldade do brasileiro em aplicar seu jogo de contragolpes em um rival com nítida vantagem de envergadura. E neste sábado (18), quase quatro anos depois, o brasileiro tem novo desafio onde o tamanho do oponente pode ser seu maior inimigo.

Confiante em sua movimentação como arma para driblar a estatura de Luke Rockhold, o agora peso médio (84 kg) garantiu que apostará no bom e velho caratê, modalidade praticada desde a infância que lhe daria condições de encontrar brechas no jogo do talentoso rival.

“Acho que jogo bem na distância, então posso anular bastante isso (diferença de tamanho). Com a minha distância e tempo de luta posso tirar essa diferença. Na minha modalidade mãe, que é o caratê, eu já lutava com caras grandes e conseguia dominar através disso. Sei que é MMA, mas a situação é parecida”, afirmou em conversa por telefone com a reportagem da Ag. Fight.

Assim como o brasileiro, Rockhold também tem na luta em pé seu grande trunfo, o que garante uma atmosfera especial para o confronto principal do show deste fim de semana. E, apesar da confiança de eu o casamento de estilos lhe favorece, o carateca fez questão de enaltecer as habilidades do americano.

“Vejo um casamento bom, é uma luta ótima e venho treinando bastante. É uma grande oportunidade.





Vejo ele como um cara muito bom em pé, que sabe chutar, sabe socar, tem uma distância boa... Mas eu confio no meu jogo”, garantiu.

Questionado sobre a declaração de Ronaldo ‘Jacaré’ à reportagem da Ag. Fight de que se considera à frente em uma hipotética fila rumo ao cinturão do UFC, Lyoto elogiou as conquistas do campeão de jiu-jitsu, mas afirmou que a troca de adversários atrapalhou o brasileiro.

“Ele não está errado, ele está na frente do ranking, mas é uma questão do UFC decidir, não sou eu que vou falar. Não vou tirar o mérito dele, que vem fazendo grandes apresentações, apesar que a luta dele caiu.

Acho que sim, porque o Camozzi está chegando agora de novo. Mas o Jacaré merece estar onde está”, afirmou Machida.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário