quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

McGregor prevê nocaute sobre Aldo em quatro minutos de luta

Quando Conor McGregor foi oficialmente anunciado como o próximo desafiante de José Aldo, os planos eram realizar a disputa do cinturão peso-pena (66kg) do UFC em maio, possivelmente em um estádio de futebol na Irlanda. No entanto, a organização decidiu transferir a luta para 23 de julho, sendo a principal atração do UFC 189.

A mudança significa mais alguns meses de inatividade para ambos os atletas, mas tem seus benefícios. Em conversa com jornalistas realizada em Las Vegas (EUA), McGregor comemorou o fato de ter mais visibilidade ao lutar nos Estados Unidos.

“Acho que a luta no estádio ainda vai acontecer. Alguns pequenos problemas apareceram, e eles teriam eliminado os pay per views americanos. Então, considerando que é um estádio com capacidade para 90 mil pessoas, a venda de ingressos seria maior. Mas em Las Vegas, com a venda de pacotes pay per view, serão negócios maiores. Eles me colocaram em um lugar melhor, então o estádio vai esperar”, disse o irlandês, revelando que participará de um campeonato de jiu-jitsu para não ficar tanto tempo longe das competições.

“Eu gosto de me manter ativo, mas 11 de julho é a data de um evento maior. É a Semana Internacional da Luta, tem esse apelo internacional. Você coloca os grandes cães nas grandes datas, e foi isso o que eles fizeram. Eu estou planejando competir em um torneio de jiu-jitsu em Roma, que acontece em abril, então será um intervalo bom. Vou me manter ativo em outro esporte”, declarou.





Como não poderia deixar de ser, McGregor falou sobre seu próximo oponente usando sua já conhecida língua afiada. O peso-pena (66kg) prometeu ‘quebrar’ o campeão, e menosprezou os antigos oponentes de Aldo.

“Eu vou correr diretamente a ele. Eu não o darei um segundo para pensar. Vou ficar com as mãos para cima e falarei com ele enquanto dou uma surra, assim como fiz com todos. Acho que o Aldo fez sua carreira batendo em wrestlers baixinhos que não eram bons em pé e ficavam intimidados na trocação. Eu vou para cima e vou quebrá-lo”, disse, oferecendo uma de suas previsões para o combate.

“Acho que chegarei aos 4 minutos do primeiro round, e aí vou nocauteá-lo”, sentenciou.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário