quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

No mesmo card de Anderson Silva, Miesha Tate quer dar sorte a Spider

A cidade de Las Vegas, nos Estados Unidos, tem vivido uma movimentação intensa por conta do retorno de Anderson Silva ao octógono após fratura sofrida na perna esquerda. O brasileiro vai enfrentar Nick Diaz no card principal do UFC 183, no próximo sábado. Outro duelo, também bastante aguardado, será de Miesha Tate, segunda lutadora no ranking, contra a medalhista de luta olímpica Sara McMann. Coadjuvante importante na volta de Spider, Miesha fez elogios ao brasileiro e disse esperar ser um amuleto de sorte para Anderson.

- Anderson não é só uma grande pessoa, mas também um homem esperto. Ele é um lutador espetacular, um dos melhores da história. Você nunca quer ver isso (fratura) acontecer com nenhum lutador, especialmente com alguém com o legado de Anderson Silva. Ele tem tanto a oferecer, todos amam vê-lo lutar. Fiquei muito triste em pensar que poderia ser a aposentadoria dele. Fiquei muito feliz em ver que ele estava de volta. Espero que dessa vez eu seja um amuleto da sorte - afirmou Miesha.

É a segunda vez que a lutadora Miesha Tate participa de um mesmo card de Anderson Silva. A primeira foi justamente no dia 28 de dezembro de 2013, quando Spider sofreu a grave lesão, no confronto com Chris Wiedman, que o deixou pouco mais de um ano longe do MMA. Na ocasião, Miesha enfrentou sua arquirrival Ronda Rousey, também no card principal como Spider. Dessa vez, no card preliminar, a lutadora revela que caso o brasileiro se lesione novamente, nunca mais vai querer lutar no mesmo evento que Anderson.

- Vai ser a segunda vez que nós vamos lutamos no mesmo card. Então se ele quebrar a perna de novo, eu nunca mais vou lutar no mesmo card dele. Eu não quero amaldiçoa-lo - disse.





Miesha Tate disse ainda que pretende manter o confronto com Sara McMann em uma luta de pé por saber que é o ponto fraco da sua adversária. Miesha também comentou que sente vontade de lutar no Brasil, contra a brasileira Beth "Pitbull" Correia.

- Eu e a Beth Correia lutamos pelo título de desafiante. Eu lutaria com ela em qualquer lugar, mas nunca lutei no Brasil. Acho que seria uma luta empolgante para todos os fãs brasileiros. Tenho muitos fãs no Brasil, ela é de lá. Acho que juntas daríamos um grande show - disse.

UFC 183
31 de janeiro de 2015, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL

Peso-médio: Anderson Silva x Nick Diaz
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Kelvin Gastelum
Peso-leve: Joe Lauzon x Al Iaquinta
Peso-médio: Thales Leites x Tim Boetsch
Peso-meio-médio: Jordan Mein x Thiago Alves

CARD PRELIMINAR

Peso-galo: Miesha Tate x Sara McMann
Peso-médio: Ed Herman x Derek Brunson
Peso-mosca: Ian McCall x John Lineker
Peso-médio: Rafael Sapo x Tom Watson
Peso-pena: Diego Brandão x Jimy Hettes
Peso-médio: Rick Monstro x Ildemar Marajó
Peso-médio: Thiago Marreta x Andy Enz

Por: SporTV
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário