sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Recuperado de doença séria, Demian Maia mira retorno ao UFC em janeiro

O ano de 2014 foi um tanto complicado para Demian Maia. Três meses depois de vencer Alexander Yakovlev no TUF Brasil 3 Finale, em maio, o paulista foi impedido de lutar em mais um card do UFC por conta de uma infecção por estafilococos no ombro direito, que o fez parar no hospital.

A infecção por estafilococos é um problema razoavelmente comum entre lutadores, já que o ambiente das academias, principalmente os tatames, são locais favoráveis para a proliferação da bactéria. Mesmo com tratamento intensivo, que envolveu a administração de antibióticos na veia, o quadro de Demian evoluiu para uma osteomielite, uma infecção óssea.

Aliados à fisioterapia, os cuidados e remédios continuaram em casa, e foi apenas em outubro que o paulista conseguiu voltar à academia para treinar. Em entrevista à Ag. Fight, o faixa-preta de jiu-jitsu revelou o estranhamento em ficar longe dos tatames por tanto tempo.




“Foi esquisito. Acho que desde criança eu nunca tinha ficado tanto tempo assim sem treinar, então foi uma experiência diferente. Mas foi bom para pensar em outras coisas. Você sempre pode mudar algumas coisas no seu treino para evoluir”, disse.

Agora, Demian espera o chamado do Ultimate para fazer seu retorno ao octógono, mas confessou que pretende voltar a competir o quanto antes.

“Eu já voltei à rotina normal. Estou treinando e esperando o meu empresário e o UFC marcarem uma luta para mim. Não estou treinando em um ritmo 100%, mas já é forte. Por enquanto não tem previsão, mas gostaria de lutar no final de janeiro”, afirmou.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário