segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Diaz diz que não vai focar em perna machucada de Anderson em duelo

No próximo dia 31 de janeiro, Anderson Silva voltará a pisar no octógono, pouco mais de um ano após fraturar a tíbia e a fíbula. A lesão, que aconteceu durante o segundo duelo de Spider contra Chris Weidman, em 26 de dezembro do ano passado, ainda é tema constante na vida do ex-campeão, que já declarou diversas vezes estar completamente recuperado para retomar a carreira de lutador. O ex-campeão dos médios do UFC até confessou ao Combate.com que está fazendo tratamento psicológico para voltar a chutar com toda a potência, mas o adversário de Anderson, Nick Diaz, parece não estar muito preocupado com isso. Em entrevista ao "Yahoo Sports", o americano afirmou que não tem a menor intenção de fazer a perna de Spider de alvo durante a luta, que acontecerá em Las Vegas, nos EUA:

- Quando alguém te diz que um lutador está machucado e pede para você focar nessa lesão, isso te desorienta. Seria muito triste perder a luta porque você ficou tentando concentrar em capitalizar em cima da fraqueza de alguém devido a uma lesão, em vez de você se preocupar com a luta em si. Eu enfrentei uma pessoa há algum tempo e alguém veio e me disse que o joelho do meu adversário estava machucado. Essa pessoa disse para eu atacar o joelho e eu respondi: “Sim, claro, eu não vou lá para atacar o joelho desse cara”. Não é realista focar em uma lesão, a menos que o cara tenha tido um corte na mesma semana. Aí sim, porque o corte poderia reabrir... Talvez você queira tirar vantagem de um corte, aí sim faria sentido - declarou o lutador.





Diaz não luta desde março de 2013, quando perdeu a disputa de cinturão da divisão dos meio-médios para o canadense Georges St-Pierre e anunciou a sua aposentadoria. O americano tem um cartel de 26 vitórias, nove derrotas e um no-contest (luta sem resultado). Já Anderson tem um cartel de 33 vitórias e seis derrotas e é considerado por muitos o maior lutador de MMA de todos os tempos.

UFC 183
31 de janeiro de 2015, em Las Vegas (EUA)

CARD DO EVENTO

Peso-médio: Anderson Silva x Nick Diaz
Peso-meio-médio: Kelvin Gastelum x Tyron Woodley
Peso-leve: Joe Lauzon x Al Iaquinta
Peso-galo: Miesha Tate x Sara McMann
Peso-mosca: Ian McCall x John Lineker
Peso-meio-médio: Thiago Alves x Jordan Mein
Peso-médio: Thales Leites x Tim Boetsch
Peso-pena: Diego Brandão x Jimy Hettes
Peso-médio: Thiago Marreta x Andy Enz
Peso-médio: Ildemar Marajó x Rick Monstro.

Por: Combate
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário