terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Cigano, sobre negativa de Velásquez a quarto duelo: 'Campeão não escolhe'

Atual número dois do ranking dos pesados, Junior Cigano quer refazer neste sábado o caminho até o cinturão da categoria dos pesados. Apesar de o brasileiro garantir seu foco total Stipe Miocic, adversário da luta principal do UFC Phoenix (EUA), o ex-campeão sabe que, em caso de triunfo, pode se colocar no bolo para ser o próximo desafiante ao título da categoria, que ainda será disputado entre Cain Velásquez, o campeão absoluto, e Fabricio Werdum, dono do título interino.

Com o confronto que vai marcar a unificação dos cinturões inicialmente marcado para junho de 2015, o atleta da Nova União olha com atenção para este combate. O catarinense, em entrevista ao LANCE!Net, alfinetou o número um da divisão, que já declarou por algumas vezes que não gostaria de enfrentá-lo novamente após a trilogia que ambos protagonizaram, onde o brasileiro venceu a primeira e o americano as últimas duas.

- A minha intenção é vencer a minha próxima luta e tenho um adversário duro pela frente. Já que venci o Werdum uma vez, pode ser que aconteça essa luta de novo, mas acho que ninguém pode fugir dos resultados. Escutei até o Velásquez falando que não queria me enfrentar de novo e fiquei bem decepcionado com isso. Quem é ele para escolher? Temos um ranking e se estiver bem posicionado e for o próximo desafiante, o UFC que vai escolher. Campeão que é campeão não escolhe adversário - afirmou ao L!Net, em conversa por telefone.





O treinador do americano revelou recentemente que considera o atleta tupiniquim o oponente mais perigoso na categoria. Sobre isso, o brasileiro confia que, caso reencontre o campeão, com uma tática diferente pode mudar o fim da história dos últimos embates entre os dois.

- No cenário nos pesados é bem cabível essa declaração. Foi uma opinião respeitosa e correta para o que está acontecendo na categoria. Sinceramente eu acredito que com uma estratégia correta, sem confusão, posso fazer uma luta diferente. O Velásquez está absoluto, tem um ritmo de luta grande e é o campeão. Mas me vejo vencendo ele de novo. Acho que essa luta vai acontecer mais vezes com certeza, não só uma vez - finalizou o lutador.

Por: Lancenet
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário