segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Treinador de Bethe diz como vencer Ronda: "porrada" e movimentação

A próxima adversária de Ronda Rousey já foi confirmada pelo Ultimate e não será Bethe Correia. Quem vai disputar o cinturão é a americana Cat Zingano, provavelmente no dia 3 de janeiro, no UFC 182, em Las Vegas (EUA). Mas o nome da brasileira ainda é lembrado quando o assunto é o título peso-galo (até 61kg) feminino da organização. Ciente de que o duelo contra Ronda pode acontecer no futuro próximo, o treinador de boxe e namorado de Bethe, Edelson Silva, já traçou o plano para tentar a vitória sobre a campeã.

- Para ganhar da Ronda, a Bethe precisa se antecipar a ela. Antecipar é não deixar a Ronda chegar nela. A Ronda chega e derruba. Como evitar isso? Com golpe, com porrada. Tem que golpear forte no corpo e na cabeça e se movimentar. A atleta que fica parada na frente da campeã com certeza vai cair. Tem que fazer tipo o que o Anderson Silva fez contra o Demian Maia (no UFC 112). Ele se movimentou bastante e machucou o Demian - disse ao Combate.com.

O fato de o duelo contra Ronda não ser por agora é visto com bons olhos por Edelson, que quer mais tempo de treino para preparar a pupila. A própria campeã já deu a ideia de enfrentar Bethe, caso mantenha o cinturão contra Zingano, num card no meio do ano a ser realizado no Brasil. A potiguar, por sua vez, tem seu nome especulado para um possível combate contra Miesha Tate.

- Seria muito bom fazer mais uma luta antes. Vai pegar mais ritmo, é mais uma luta no cartel, vai ficar mais confiante. A Ronda também vai fazer uma antes. É muito bom para as duas. A Ronda pediu uma data excelente, junho ou julho. É um tempo bom para as duas treinarem. Tem mais de seis meses, então dá para a Bethe treinar cada modalidade. Se ficar muito em cima, vai misturar muito, ela vai ficar um pouco estourada. Junho ou julho está excelente - disse o técnico.





Edelson, por outro lado, admitiu que ainda falta experiência a Bethe e que ela vai precisar treinar muito jiu-jítsu antes de encarar Ronda. Ao mesmo tempo, enalteceu a força de vontade da namorada:
- A Bethe é uma atleta nova no MMA, começou a lutar só há três anos. Deixou tudo pelo sonho dela.

Tem muita coragem e força de vontade. Mas experiência para essa luta ela ainda não tem. Vai ser uma oportunidade boa, e ela não pode perdê-la. Tem que botar o quimono, começar a treinar jiu-jítsu, fazer as defesas de queda, começar a treinar wrestling (luta olímpica) e manter os 100% no boxe, porque a Ronda na verdade nunca apanhou. Em todas as lutas da Ronda, ela derruba a adversária e finaliza. Com certeza a Bethe tem chance de ganhar da Ronda, mas ela precisa treinar, precisa de um pouco de tempo.

Por: Ivan Raupp/Combate
Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário