quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Técnico compara Chad a Dillashaw e diz que foco é "meter a mão no Aldo"

A comparação é inevitável. Um brasileiro da Nova União com o título, e um desafiante americano da Team Alpha Male. Depois que TJ Dillashaw destronou Renan Barão nos pesos-galos (até 61kg), Chad Mendes tem a chance de repetir o feito nos penas, contra José Aldo, que já foi seu algoz em janeiro de 2012. Para a revanche deste sábado, no UFC Rio 5 (UFC 179), que será realizado no Maracanãzinho, o treinador de jiu-jítsu do americano, Fábio Pateta, garantiu que seu pupilo está com comportamento parecido com o do atual campeão dos galos e o foco é claro: como o próprio técnico diz, "meter a mão" no Aldo.

- Ele está com a cabeça muito boa, igual a do Dillashaw no dia que lutou com o Barão. Está pronto mesmo, fala o dia todo que quer lutar com o Aldo e, para falar isso, é porque está confiante mesmo. A cabeça dele está muito boa para essa luta e é o que ele mais quer. Ele não quer outro, quer o Aldo. Ele quer recuperar essa derrota que sofreu. Estamos focados em meter a mão no Aldo, depois a gente vê qual é - declarou Pateta, ao Combate.com.

Sem demonstrar preocupação com o fato de mais uma vez o confronto entre José Aldo e Chad Mendes acontecer no Rio de Janeiro, Fábio Pateta acredita que, apesar de o americano ser oriundo do wrestling, a luta vai transcorrer em cima e acabar em nocaute para um dos dois.

- Não faz diferença onde vai ser a luta. Claro que a gente queria que fosse nos Estados Unidos, mas se o UFC botou aqui, temos que cumprir a tabela. O cage só muda de lugar, é o mesmo. Ele já lutou no Brasil, já se acostumou com a torcida, vai ser bom para os dois. O Chad vai para a guerra, para a trocação. Pode ter certeza de que alguém vai cair. Estão achando que ele vem numa de botar pra baixo, mas ele vai trocar. O Aldo tem que estar preparado porque ainda não acertaram ele legal, mas vamos ver agora - desafiou.

Para Pateta, a evolução que Chad Mendes tem demonstrado no seu boxe será fator determinando no duelo. Vale ressaltar que ele vem de cinco vitórias consecutivas, sendo quatro delas por nocaute, além da única derrota de sua carreira ter sido justamente contra Aldo, em 2012. O treinador mostrou convicção de que a história não se repetirá, já que será visto "um novo Chad".

- Venho acompanhando os treinos dele todos os dias, ele evoluiu muito na mão, na parte dele em pé. Vocês vão ver um novo Chad. Não tem nada a ver com aquela luta que vocês viram da outra vez, que foi a única derrota dele. Ele vai recuperar isso. Está bem mais técnico, estuda muito a parte em pé, faz combinações, repete, é um cara que se dedicou muito ao boxe inglês com o Duane (Ludwig, treinador) e é a técnica mesmo. Está batendo pesado e tem arrebentado uma galera na academia - afirmou.

Torcedor declarado do Vasco, Fábio Pateta chegou a fazer Chad Mendes posar com a camisa do Cruzmaltino antes da luta de 2012 contra José Aldo, que é flamenguista. Desta vez, não houve tentativa de promover o combate utilizando o "Clássico dos Milhões", mas ele garantiu que não é bem assim e que vai levar a camisa de seu time do coração para o Maracanãzinho.





- Não tem nada de deixar de lado, o pessoal até entrou em contato comigo, o Felipe, que jogou no Vasco, é meu camarada das antigas, jogamos juntos no Vasco, ele, Pedrinho... Continuo recebendo mensagens da torcida, da Força Jovem, tenho que responder a uma galera. Vou levar a camisa comigo, é natural. Mas comemoração em caso de vitória é surpresa, vamos esperar na hora - concluiu.

O UFC Rio 5, ou UFC 179, será realizado a partir das 21h (de Brasília) deste sábado, no Maracanãzinho, com transmissão ao vivo do Combate.

UFC 179
25 de outubro de 2014, no Rio de Janeiro (RJ)

CARD PRINCIPAL

Peso-pena: José Aldo x Chad Mendes
Peso-meio-pesado: Glover Teixeira x Phil Davis
Peso-meio-pesado: Fábio Maldonado x Hans Stringer
Peso-pena: Darren Elkins x Lucas Mineiro
Peso-leve: Diego Ferreira x Beneil Dariush

CARD PRELIMINAR

Peso-meio-médio: William Patolino x Neil Magny
Peso-leve: Yan Cabral x Naoyuki Kotani
Peso-mosca: Wilson Reis x Scott Jorgensen
Peso-pena: Felipe Sertanejo x Andre Fili
Peso-leve: Gilbert Durinho x Christos Giagos
Peso-leve: Fabrício Morango x Tony Martin

Por: Ivan Raupp e Raphael Marinho/Combate
Foto: Raphael Marinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário