quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Dedé acredita em 'pressão positiva' em cima de José Aldo no UFC 179

Terceira apresentação diante da torcida brasileira - segunda na cidade onde vive-, único campeão do Ultimate representando o Brasil, revanche contra rival americano... José Aldo tem inúmeros motivos para reforçar seu foco e não deixar se abater pela pressão da ocasião. Mas, segundo André Pederneiras, líder da Nova União, o campeão encara uma situação "favorável" nesse sentido. Diante do UFC 179, onde o brasileiro defende seu título contra Chad Mendes, neste sábado, no ginásio do Maracanãzinho, o treinador avalia o cilma do lutador antes do confronto e a expectativa gerada em torno de mais uma apresenção do peso pena no maior evento de MMA do mundo.

- Vejo essa pressão muito mais positiva do que negativa. Acho que a partir do momento que você é o único a ter o cinturão, se você perder vai estar igual a todo mundo, está se colocando numa situação que todo mundo já está. Se você mantiver, continua sendo "o cara". Essa pressão é muito mais favorável, na minha opinião. Tento passar isso para o Aldo. Se ele perder, vai ficar igual ao Brasil inteiro, sem cinturão. Se ganhar, continua sendo o cara que é, no topo. Não vejo como pressão desfavorável - avalia o treinador, em entrevista ao LANCE!Net.

Ao ser perguntado se a estretégia do campeão para o duelo era a mesma do primeiro encontro, que acabou com um nocaute, Dedé Pederneiras explica que a ideia principal é vencer, não importa como.





- O pensamento primordial é vencer. De que forma vai ser? Na semana seguinte ninguém vai querer saber... Vão querer saber quem é o campeão e quem não é. Não interessa se vai ser por um ponto, meio ponto, uma vírgula... Importa quem se manteve com o título. Vai ser uma luta dura, não será fácil. Só interessa quem sai campeão. Esse vai ser o cara. Durante a luta, vamos conversando nos intervalos e vendo como vai acontecer. Mas a gente se prepara para tudo. A gente sempre conta que a próxima luta é a pior. Passo sempre isso aos lutadores. A pior luta é sempre a próxima. Tem de ter isso na cabeça, que essa vai ser mais dura que a anterior - explicou.

O UFC 179 acontece neste sábado e traz, além da disputa de cinturão dos penas entre José Aldo e Chad Mendes, o confronto entre Glover Teixeira e Phil Davis. Nomes como Fabio Maldonado, William Patolino e Gilbert Durinho estão escalados para o show.

Confira as lutas do UFC 179

José Aldo x Chad Mendes

Glover Teixeira x Phil Davis

Fábio Maldonado x Hans Stringer

Darren Elkins x Lucas Mineiro

Diego Ferreira x Beneil Dariush

Card Preliminar

William Patolino x Neil Magny

Yan Cabral x Naoyuki Kotani

Wilson Reis x Scott Jorgensen

Felipe Sertanejo x Andre Fili

Gilbert Durinho x Christos Giagos

Fabrício Morango x Tony Martin

Por: Lance!Net
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário