segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Dana White absolve José Aldo por socos em Chad após sirene tocar

Em uma das lutas mais emocionantes do Ultimate no ano, José Aldo manteve o cinturão dos pesos-penas, após um combate histórico contra Chad Mendes, no evento principal do UFC Rio 5, no Maracanãzinho. Porém, no final do primeiro round, quando a sirene já havia tocado, o brasileiro acertou dois socos no americano. Para Dana White, entretanto, não houve má-fé por parte do campeão, já que, dentro do octógono e com o barulho no ginásio, era difícil ouvir a campainha tocar.

- O que aconteceu é que ele (Chad Mendes) foi atingido por dois socos depois que a sirene tocou. Mas, dentro do ginásio é difícil de ouvir. Eu não ouvi. O árbitro está dentro do octógono para impedir que isso aconteça, mas acho que o árbitro também não ouviu. Acho que todo mundo na televisão estava ficando doido. Eu não acho que ele (José Aldo) fez isso deliberadamente - comentou Dana White.

Na coletiva de imprensa realizada após as lutas do UFC Rio 5, José Aldo comentou o episódio da sirene. O campeão peso-pena disse não ter ouvido a campainha tocar e que teve um "déjà vu" (quando há a sensação de já ter visto uma cena anteriormente) no momento em que bateu em Chad Mendes e o árbitro se colocou entre os lutadores encerrando o round.

- Eu tive um déjà vu quando o round terminou. Na verdade, eu achei que a luta tinha acabado. Quando eu acertei os socos e o árbitro entrou no meio, achei que tinha terminado. Eu já ia subir na grade e ir para a galera de novo. Então, ainda bem que eu não fui, porque tinha que voltar para a luta - comentou Aldo.





O presidente do UFC também comentou a provocação de José Aldo ao irlandês Conor McGregor, que tem se notabilizado em chamar a atenção do mundo do MMA por declarações contra outros lutadores. Dana White confirmou que, após lutar com Dennis Siver, McGregor deve ser o próximo adversário do brasileiro.

- Primeiro, ele (McGregor) tem a chance de lutar com Dennis Siver. Então, ele tem primeiro essa luta para fazer e, se ele vencer, então provalvemte, casaremos a luta com José Aldo - disse o dirigente.
Sobre a revanche de Chad Mendes contra José Aldo, Dana White elogiou a constância do brasileiro ao longo dos anos e comentou a disposição do americano para o combate.

- Estamos falando de um cara que não perde desde 2005 (José Aldo) e que está lutando contra os melhores do mundo durante esse tempo. E hoje, lutou contra um cara que estava muito motivado, em forma e que trouxe o melhor do Aldo para essa luta - concluiu Dana.

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário