segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Vitória após três anos parado garante a ex-campeão chance de lutar por título do UFC

Um dos principais atrativos do UFC 178, ocorrido no sábado (27), em Las Vegas (EUA), estava na última luta do card preliminar. Após três anos parado devido a uma série de lesões seguidas, Dominick Cruz, ex-campeão dos galos (61 kg) finalmente retornou ao octógono mais famoso do mundo para enfrentar o japonês Takeya Mizugaki. E sua volta não poderia ser melhor.

Com um nocaute relâmpago a 1min01s do primeiro round, o americano despachou seu oponente e, de quebra, ouviu da boca de Dana White, presidente do Ultimate, que ele terá nova chance para reconquistar o cinturão que já foi dele um dia e hoje está em posso de TJ Dillashaw.

"Estou pronto para voltar e estou pronto para aquele cinturão. Eu nunca realmente perdi meu cinturão. Apenas me machuquei", afirmou o lutador na entrevista coletiva após o evento.





Quando perguntado se ele sentiu o peso de retornar ao octógono após tanto tempo de inatividade, Cruz mostrou que tinha bastante confiança em seu jogo e se disse ainda melhor do que no passado.

"Eu já fiz isso 20 vezes, estava pronto para isso. Fiquei mais tenso nas horas que antecederam, no hotel, do que quando cheguei aqui. Quando cheguei já vi os lutadores e me senti à vontade. Senti como se estivesse em casa. Estou longe de ser o Dominick do passado. Poucas coisas estão melhores, mas nada está pior", disse.

Apesar de confirmar Dominick Cruz como próximo desafiante ao título de Dillashaw, Dana afirmou que a data do duelo ainda não foi pensada.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário