quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Repórter do UFC diz que Jones não é mais popular por ser vítima de racismo

Presença marcante nos eventos da organização, o repórter oficial e comentarista do UFC Joe Rogan é conhecido por suas opiniões polêmicas. O americano apresenta o programa "The Joe Rogan Experience", seu podcast transmitido via internet para o mundo todo. Ao comentar o reinado de Jon Jones no evento, na edição da última segunda-feira, Rogan deu uma forte declaração sobre o por quê de o campeão dos meio-pesados não ser tão adorado pelos fãs, mesmo com resultados tão espetaculares dentro do evento.

Joe atribuiu a falta de apreciação do púbico em relação ao atual campeão dos meio-pesados por racismo. Segundo ele, se o americano fosse branco, talvez tivesse um carinho de maior parte do público que atualmente não o apoia.

- Não sei porque Jon não é mais popular ou amado do que atualmente é. Não entendo isso. Eu jamais vou perder uma luta de Jon Jones. Ouço pessoas dizendo: "Ah, ele é metido. É isso e aquilo." Penso o que está acontecendo e vou jogar isso para fora. Vou apenas dizer isso: eu imagino o quanto disso é racismo. Sabe por quê? Acho que eles olham para Jones como esse "negro metido" e acho que muitas pessoas têm problema com isso. Acho que se ele fosse branco e estivesse fazendo a mesma coisa à lá Chael Sonnen, acho que ele seria muito mais popular - declarou o comentarista do Ultimate.





A discussão ocorre devido a problemática relação que Jones tem com seus fãs. Apesar de ser o maior campeão da atualidade no UFC, o americano frequentemente discute com torcedores em suas redes sociais por opiniões diferentes e costuma publicar vídeos com recados ao fãs e apagá-los minutos depois. Vale lembrar que Jones começou a ter problemas de popularidade quando recusou uma luta contra Chael Sonnen de última hora, o que provocou o cancelamento do UFC 151 e deixou muitos torcedores "na mão".

Por: Lancepress
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário