quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Paulo Thiago comemora UFC Brasília e volta a ginásio de estreia no MMA

Quando Paulo Thiago subir ao octógono do UFC Brasília, neste sábado, ele viverá fortes emoções. Isto porque, além de fazer sua primeira apresentação pelo evento na cidade onde nasceu, o lutador retorna ao Ginásio Nilson Nelson, local onde fez sua estreia no MMA. E as recordações são boas. No dia 2 de julho de 2005, o atleta, que também é polícial do BOPE, finalizou Ricardo Petrucio com um triãngulo no terceiro round.

Perto de voltar ao ginásio para encarar Sean Spencer no card preliminar do show, o "Caveira" fala do sentimento de retornar ao lugar onde começou a trilhar sua carreira no esporte. Paulo Thiago garante que desde sua primeira luta já sonhava com o Ultimate.

- Estreei nesse ginásio e já sonhando um dia lutar no UFC. Agora estou voltando no mesmo ginásio, nove anos depois, agora pelo UFC (risos). É meio louco até. Mas tenho boas recordações. Naquela época eu já tinha esse sonho de chegar no maior evento do mundo. A gente sonha, né? Era um sonho mesmo, mas achava que era uma coisa muito distante. A gente assistia pela televisão, pensava, mas ficava naquela duvida. Igual um garoto que sonha com o futebol... "Será que um dia vou conseguir?" Graças a Deus aconteceu e estou aqui no UFC - afirmou o lutador.

Natural de Brasília, o meio-médio comemora a oportunidade de se apresentar diante do público brasiliense pela primeira vez. Ele espera a presença massiva de amigos e familiares na arena.





- A expectativa está muito grande. No dia da luta, a arena vai estar com muitas pessoas que conheço. Família, amigos, muita gente mesmo... Vai ser casa cheia, será muito legal. Estou tranquilo, procuro não ficar me preocupando com pressão. Fico só pensando na luta. Acho que o UFC está se expandindo para todas as regiões do país e Brasilia não poderia ficar de fora. É uma cidade que gosta de luta e estava ansiosa. O evento será legal e o UFC dará mais um grande passo dentro do Brasil - avaliou o lutador.

Vindo de uma sequência negativa de duas derrotas, Paulo Thiago precisa da vitória para se recuperar na organização e ver o risco de demissão ir embora. Ele garante que a ideia é "ir para cima do rival" e revela que não vai sentir a pressão na hora do combate.

- Treinei muito forte, o Spencer foi o terceiro adversário para essa luta (os dois primeiros se lesionaram e deixaram a disputa). Colocaram o Sean Spencer, um cara que tem um boxe muito bom, gosta mais da luta em pé. Estou me preparando para achar os buracos no jogo dele e vencer a luta. Treino na X-Gym, que é uma academia muito boa, a melhor que já treinei. Estamos sempre competindo em alto nível. Isso me ajudou a evoluir bastante. O que posso garantir ao público é que vou pra cima do Spencer, com vontade - finalizou

Por: Carlos Antunes e Luis Fernando Coutinho/Lancenet
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário