quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Estreante no UFC, Larissa Pacheco admite que "a ficha ainda não caiu"

Em menos de um mês, a vida de Larissa Pacheco mudou consideravelmente. No dia 18 de agosto, a campeã do Jungle Fight recebeu a informação de que substituiria a canadense Valerie Letourneau e lutaria no maior evento de MMA do mundo diante da também brasileira Jéssica 'Bate-Estaca' Andrade no UFC Brasília, que acontece nesse sábado (13).

Com apenas 20 anos, Larissa detém um considerável cartel de dez vitórias em dez lutas como profissional. Apesar de ser a então campeã peso-galo (61 kg), a paraense não esconde que ficou surpresa com o chamado do Ultimate e admite que ainda não sabe exatamente a sensação que sentirá ao entrar no octógono.

"Significa muito lutar no UFC, mas parece que ainda não caiu a ficha. Eu quero ir lá e lutar, mas acho que só vou sentir mesmo quando estiver lá dentro. Até então estou me mantendo bem tranquila, acho", afirmou Larissa à Ag. Fight.

Apesar de não esperar por um convite tão cedo para lutar pelo Ultimate, Larissa dá provas de que já passou por outros grandes desafios na vida. Desde a época de Jungle, a loira foi obrigada a tomar decisões precoces sobre seu futuro.

"Não imaginava estar no UFC com apenas 20 anos, tão nova. Eu tive que amadurecer muito rápido na minha vida e acabei assimilando que eu teria que me tornar uma profissional. Quando entrei no Jungle eu sabia que teria que deixar de fazer isso (lutar) como algo a mais na minha vida para me profissionalizar, e foi o que aconteceu. O UFC é um evento muito grande, é outra coisa. Ainda não tenho nem ideia de como será, como as pessoas vão me receber nos lugares que eu for", disse.





Por entrar de última hora no card de Brasília e no Ultimate, foi oferecido a Larissa um contrato para apenas essa luta em específico. Questionada se ela entrará subirá no octógono pressionada para ter um resultado positivo a fim de se manter no UFC, a paraense se mostrou tranquila.

"O contrato foi para essa luta apenas. Ainda não tem garantia se vou ficar, mas não tem pressão. Vou lá e vou mostrar o que sei. Se tiver que perder, vou perder lutando. Dando tudo de mim. Se não me quiserem para mais uma luta, aí é com organização", concluiu.

A pesagem do UFC Brasília acontece nessa sexta-feira, às 16h (horário de Brasília), também no ginásio Nilson Nelson. No sábado, o evento tem previsão de início para 19h. Confira o card completo abaixo.

CARD PRINCIPAL

Antônio ‘Pezão’ x Andrei Arlovski

Gleison Tibau x Piotr Hallmann

Leonardo Santos x Efrain Escudero

Santiago Ponzinibbio x Wendell ‘Negão’ Oliveira

Yuri ‘Marajó’ Alcântara x Russell Doane

Jéssica Andrade x Larissa Pacheco

CARD PRELIMINAR

Godofredo ‘Pepey’ x Dashon Johnson

Igor Araújo x George Sullivan

Francisco ‘Massaranduba’ x Leandro ‘Buscapé’

Paulo Thiago x Sean Spencer

Rani Yahya x Johnny Bedford

Por: Ag. Fight
Foto Marcel Alcantara

Nenhum comentário:

Postar um comentário