quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Dono do UFC garante que luta entre Anderson Silva e Nick Diaz não corre perigo

Um dos donos do Ultimate, Lorenzo Fertitta não acredita que os problemas de Nick Diaz com a justiça irão ser um empecilho para que o combate com Anderson Silva, agendado para 31 de janeiro nos EUA, aconteça.

O americano terá que se apresentar a corte de Sam Joaquin (EUA), na próxima quinta-feira (25) para responder a oito acusações, incluindo dirigir sob a influência de álcool.

“Nós iremos descobrir o melhor quando ele se apresentar a corte. Eu não acredito que o problema dele com a justiça o impeça de lutar. Nunca vi uma situação em que a Comissão não concedesse a licença para algum lutador, que tenha sido pego dirigindo sob influência”, disse Fertitta, a ESPN americana.





Já é a segunda vez que Nick Diaz é pego dirigindo sob influência alcoólica e de drogas. O atleta não luta desde março de 2013, quando acabou derrotado por Georges St-Pierre na decisão unânime dos juízes.

Já o ex-campeão Anderson Silva não luta desde dezembro do ano passado, quando acabou derrotado pelo campeão Chris Weidman após fraturar a perna.

Por: Ag. Fight
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário