quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Comissão convoca Jones e Cormier para dar explicações sobre "briga"

A Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) convocou os pesos-meio-pesados Jon Jones e Daniel Cormier para darem explicações sobre a briga que tiveram em agosto passado, durante uma encarada em um evento com a imprensa no MGM Hotel e Cassino, em Las Vegas (EUA). Segundo o “UFC Tonight”, programa oficial de TV do Ultimate, os dois lutadores devem comparecer à reunião, que acontece na próxima terça-feira, 23 de setembro, às 8h30 da manhã.

Durante o programa, Cormier, que é um dos apresentadores da atração, debochou da informação de que Jones não teria recebido o comunicado oficial da NSAC exigindo o seu comparecimento.
- Eu só sei que eu recebi o papel, já assinei, tentei devolver por correio, mas não consegui. De qualquer forma, vou estar lá - garantiu "DC".

Além de analisar detalhadamente o vídeo da confusão, a comissão pode se pronunciar a respeito de possíveis sanções aos dois atletas. Na ocasião, em 4 de agosto, Jones tocou a testa de Cormier ao encará-lo, e o desafiante o empurrou pelo pescoço. O campeão dos pesos-meio-pesados do UFC partiu para cima do rival, tirando do caminho inclusive o diretor de relações públicas da companhia, Dave Sholler. "Bones" jogou socos na direção de "DC" e os dois caíram para fora do palco, até serem separados por dirigentes e membros de suas respectivas equipes.




Outro assunto que deve voltar à pauta da NSAC é o caso de Wanderlei Silva. O brasileiro, que confessou à entidade em uma audiência informativa que fugiu de um teste antidoping em maio passado por estar fazendo uso de diurético, agora trava uma batalha com o órgão para evitar qualquer tipo de punição. Os advogados de Wand entraram com um requerimento pedindo que a comissão arquive sua ação disciplinar contra o atleta, mas a NSAC afirma que tem jurisdição para punir o brasileiro, mesmo que ele não tenha licença para lutar no Estado.

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário