segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Barão não recebe valor da bolsa, e Dana diz: "Vai voltar sem um centavo"

Renan Barão perdeu bastante prestígio com o Ultimate por conta de sua saída do UFC 177. Se a princípio pareceu ser um pouco mais compreensivo, Dana White subiu o tom na coletiva de imprensa e no bate-papo com jornalistas após o evento em Sacramento (EUA), na madrugada de domingo, e fez duras críticas ao ex-campeão dos galos (até 61kg). Barão, por sinal, não recebeu o valor da bolsa e voltará ao Brasil "sem um centavo", segundo o chefe da organização.

- Barão não vai ganhar dinheiro algum. Não vou pagar a ele por não aparecer para lutar. (...) Não tem desculpa para o que ele fez. Não tem desculpa para não bater o peso. Mas ele pagou caro. Ele nos prejudicou. Aquele garoto não ganhou o cheque e vai voltar para casa sem dinheiro. Vai voltar sem um centavo. Ele acabou de pagar uma preparação para a luta, e ninguém sabe quando vai lutar de novo.

Há casos e casos no UFC para quando acontece algum problema com um lutador e um duelo acaba sendo cancelado. O peso-pesado Stefan Struve é um exemplo. Ele havia se recuperado de uma doença grave no coração, mas teve uma crise de pânico momentos antes de entrar no octógono contra Matt Mitrione no UFC 175, e a luta foi cortada do evento. Na ocasião, Dana White ficou do lado do holandês e pagou a ele sua bolsa integral.

O problema de Barão é que, na opinião do dirigente, ele falhou no corte de peso e causou um grande problema ao UFC por conta da mudança do combate principal em cima da hora - Joe Soto entrou em seu lugar contra TJ Dillashaw. Horas antes da pesagem oficial de sexta-feira, o potiguar passou mal e desmaiou ao se levantar da banheira de água quente e foi levado inconsciente até o hospital. Ele se encontra bem no momento.





Por: Evelyn Rodrigues e Ivan Raupp/Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário