quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Wanderlei Silva não comparece, e audiência sobre antidoping é adiada

O futuro de Wanderlei Silva no MMA ganhou mais um capítulo polêmico. O lutador teria seu caso analisado num dos itens de uma audiência disciplinar com a Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC, sigla em inglês) nesta quinta-feira, e sua presença era esperada. No entanto, ele não compareceu. No início da sessão, foi revelado que o advogado de Wanderlei entrou com um requerimento para descartar a ação disciplinar contra ele. A comissão, então, optou por adiar esse item para uma data ainda não definida.

O "Cachorro Louco" disse ao site "MMA Fighting" que já tinha uma viagem ao Canadá marcada para o mesmo período e que ficou sabendo da audiência só após ter fechado os compromissos.

Wanderlei será julgado por ter "fugido" de sua academia no momento em que um representante da comissão chegou ao local para coletar amostras de sangue e urina do lutador, caso ocorrido no dia 24 de maio. O brasileiro tinha duelo programado para o UFC 175, no dia 5 de julho, contra o desafeto Chael Sonnen. Após ignorar novos chamados para realizar os exames, Wand explicou à comissão que "fugiu" porque estava preocupado com a chance de os testes mostrarem a presença de diuréticos em seu organismo. Ele alegou ter feito uso da substância apenas para minimizar uma inflamação no pulso direito.

Os diuréticos são classificados como substâncias proibidas porque têm a capacidade de mascarar a presença de outras substâncias ilegais no organismo de uma pessoa.





Drysdale e Casey suspensos temporariamente

O meio-pesado Robert Drysdale e o peso-médio Kevin Casey também estavam na lista de temas da audiência desta quinta, e ambos foram suspensos temporariamente de qualquer competição de MMA em Nevada. Os dois foram pegos no exame antidoping após vencerem respectivamente no TUF 19 Finale, em 6 de julho, e no UFC 175, no dia anterior. Casey testou positivo para esteroides anabolizantes, enquanto o teste de Drysdale apresentou níveis elevados de testosterona. A dupla será julgada novamente em data ainda não definida.

Por: Combate
Foto: Adriano Albuquerque

Nenhum comentário:

Postar um comentário