sexta-feira, 29 de agosto de 2014

TJ Dillashaw prevê guerra com Barão, mas garante ter mapeado jogo do brasileiro

Atual campeão dos galos (61kg) do Ultimate, TJ Dillashaw fará a sua primeira defesa de cinturão neste sábado (30), em Sacramento (EUA), pelo UFC 177, em uma revanche contra o brasileiro Renan 'Barão'. No primeiro confronto entre os pesos-galos, em maio desse ano,  o americano ‘tomou’ o cinturão do potiguar com um nocaute no quinto round, após castigar Barão nos assaltos anteriores.

Em conversa com os jornalistas presentes durante o media day realizado na última quinta-feira (28), o atleta usou a primeira luta, e os danos causados nela, como grande vantagem para o reencontro, uma vez que com apenas três meses o brasileiro não teria tempo hábil para se recuperar, treinar adequadamente e evoluir em seu jogo.

"Acho que levo vantagem sim. Não acredito que ele vá vir muito mais rápido ou vai ter mudado muita coisa em menos de três meses, fora o tempo que ele teve que se recuperar pelos socos que levou na última luta”, afirmou o confiante campeão.

Companheiro de treinos de Urijah Faber, que já foi derrotado por Renan Barão duas vezes, Dillashaw demonstrou quase que uma obsessão por mapear o estilo do brasileiro.

“Assisti a todos os vídeos possíveis sobre o Renan Barão e ninguém pode ter uma estratégia melhor do que eu e minha equipe para enfrentar ele. Espero uma luta mais dura nessa revanche, ele é um grande lutador, vai ser uma dura e limpa guerra. Não sinto que tenho a obrigação de dominá-lo, só porque aconteceu na primeira vez. Eu preciso vencer, não interessa a forma”, garantiu, complementando.





“Estou completamente pronto para o que ele trouxer para a mesa. Eu estudo o jogo dele há muito tempo, ele já lutou com o Faber duas vezes e eu estava no corner. Depois disso continuei mapeando o jogo dele até conseguir a vitória”.

Além de defender o cinturão pela primeira vez, TJ Dillashaw estará lutando em sua cidade natal, Sacramento (EUA), diante de seus familiares, o que o americano garantiu que dará um gás a mais.

“Representa muito para mim defender esse cinturão na minha terra natal, espero dar um show para os meus familiares e acredito que a torcida vai fazer um barulho.  É claro que vou fazer algumas coisas que funcionaram na primeira luta, mas também trago algumas surpresas para essa revanche”, concluiu.

Por; Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário