sexta-feira, 29 de agosto de 2014

TJ Dillashaw condena empurrão de Aldo em Mendes: “Foi ridículo”

Todos sabemos que encaradas quentes ajudam e muito nas vendas de pay per view do UFC, mas qual será o limite desses encontros que tem sido cada vez mais conturbados. Depois de Jon Jones e Daniel Cormier, que se engalfinharam durante um evento promocional da luta válida pelo cinturão dos meio-pesados (até 93kg), foi a vez de José Aldo e Chad Mendes roubarem a cena.

Escalados para se enfrentarem no dia 25 de outubro, no Rio de Janeiro, os pesos-penas (até 66kg) se desentenderam na última terça-feira (26), em evento promocional realizado no Maracanã, e José Aldo deu um empurrão no desafiante.

Campeão dos galos (até 61kg) e companheiro de equipe de Chad Mendes, TJ Dillashaw não aprovou o comportamento de José Aldo, conforme revelou em entrevista à Ag. Fight.





“Acho que esse tipo de comportamento é ridículo, nós deveríamos ser mais profissionais. Sei que isso vende lutas, mas não é legal para o esporte, que fica mal visto pelas pessoas”, disse Dillashaw, que amenizou a rivalidade entre Nova União e Alpha Male.

“Temos que ser profissionais e lutar na hora certa, respeito muito meu adversário e sua equipe e acredito que não existe toda essa rivalidade que estão querendo criar”, concluiu.

TJ Dillashaw defende o cinturão dos galos nesse sábado (30), em Sacramento (EUA), em uma revanche contra Renan Barão, que acabou nocauteado no quinto round, no primeiro confronto, realizado em maio.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário