segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Tim Kennedy: "Se Belfort lutar limpo, não tem a menos chance contra Weidman"

Atualmente, Vitor Belfort é um dos atletas do mundo do MMA que mais sofre com a desconfiança de seus adversários. Apesar de vir de uma sequência de três excelentes nocautes, o carioca vinha se apresentando com o uso do TRT (Tratamento de Reposição de Testosterona), que agora está proibido pela Comissão Atlética de Nevada (NSAC). Além disso, o 'Fenômeno' foi flagrado recentemente com índices de testosterona bem acima até para os que fazem uso do método citado.

Mesmo com todo o cenário acima, Belfort ganhou da NSAC a licença para lutar no estado americano e vai enfrentar o campeão dos médios (até 84 kg), Chris Weidman, no dia 6 de dezembro, em Las Vegas. Essa decisão deixou alguns lutadores descontentes. Depois de Luke Rockhold dizer que estaria pronto para encarar substituir o brasileiro porque acha que ele não conseguirá lutar sem TRT, agora foi a vez de Tim Kennedy seguir na mesma linha.

"Das duas uma: ou ele continua usando esteroides para treinar e tem médicos maravilhosos para conseguir isso e ainda assim competir, passando nos testes. A outra possibilidade é ele tentar se manter limpo e perceber que não conseguirá competir. Ou tenta lutar limpo e se machuca. Ou também ele tenta lutar drogado e é flagrado no doping", disse o ex-lutador do Strikeforce.





"Sei que o Luke (Rockhold) andou dizendo sobre isso. Ele tem duas vitórias e uma derrota no UFC e eu terei quatro vitórias depois da minha próxima luta. Então, acho que Jacaré e eu estamos mais perto do cinturão. Lutarei em 27 de setembro e depois disso vou tentar estar 100% para lutar no card de dezembro", continuou.

Kennedy deixou claro que não confia em Vitor Belfort sem o uso do TRT e, além disso, o americano ainda aproveitou o momento para dar uma cutucada no ex-campeão meio-pesado (até 93 kg) do Ultimate.

"Vitor Belfort não é um velho dinossauro, não é um novo dinossauro ou o que quer que seja que ele fale. Ele é um viciado em esteroide quebrado. Se ele lutar limpo, ele não tem chance alguma com Chris", afirmou.

Tim Kennedy está escalado para enfrentar o cubano Yoel Romero no UFC 178, em setembro. Na luta principal da noite, Jon Jones colocará seu cinturão dos meio-pesados em jogo contra Daniel Cormier.

Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário