segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Formiga se vê como provável próximo desafiante ao cinturão dos moscas

Após uma de suas melhores atuações desde que entrou no UFC no ano passado, o peso-mosca brasileiro Jussier Formiga está com a confiança em alta. O lutador potiguar subiu à quarta posição do ranking da categoria na semana passada, graças à sua vitória por decisão unânime sobre Zach Makovsky no "UFC: Bader x St. Preux", no último dia 16. Entrar no top 5 era o objetivo principal de Formiga no combate contra Makovsky, e o atleta da Kimura Nova União agora enxerga uma possibilidade crescente de ele desafiar o cinturão de Demetrious Johnson, especialmente após Chris Cariaso, oitavo colocado da divisão e uma das vítima do brasileiro no Ultimate, ser escalado para enfrentar o campeão no evento principal do UFC 178, em 27 de setembro.

- Fico feliz demais de estar no top 5 da divisão. Na real, meu principal objetivo era esse, era entrar no top 5, eu era sexto do ranking antes da luta. Me embolei, já estou no bolo do top 5. O Cariaso era top 8 e recebeu chance de lutar pelo título, então acho que todo mundo que está no top 5 tem chance de lutar pelo cinturão. Agora é fazer meu trabalho, focar no meu treino e estar pronto para lutar ou com Demetrious ou outro top 5 na divisão - disse Formiga em entrevista ao Combate.com por telefone.

A favor do potiguar, está também o fato de que os três lutadores à sua frente no ranking - John Dodson, Joseph Benavidez e Ian McCall - já tiveram chances contra Johnson e foram derrotados (no caso de Benavidez, duas vezes). Tanto Dodson quanto McCall também estão se recuperando de lesões, e Formiga seria o primeiro da fila caso Cariaso se lesione e não tenha condições de lutar no UFC 178. Ele já se colocou à disposição para lutar com pouco tempo de sobreaviso.

- Com certeza (aceitaria), não tenha nem dúvida, ainda mais sendo uma luta por cinturão. Apesar de minha luta ter sido no último sábado, estou 100%, não me machuquei. Estive sem treinar esta semana, mas é porque fiz um camp de 10 semanas. Nesta segunda-feira, já estou de volta aos treinos. Não tenha nem dúvida (que eu aceitaria) - afirmou o peso-mosca.





Falando no campeão, Formiga mostra muito respeito. "Super Mouse" Johnson está invicto na divisão dos moscas e já defendeu o cinturão quatro vezes. O brasileiro entende que precisa "quebrar" o ritmo imposto pelo veloz americano para ter chance de conquistar o título.

- Acho que hoje o Demetrious Johnson é o cara a ser batido. É um cara muito completo, troca bem em pé, tem a parte de clinche muito boa, é um bom wrestler e vem evoluindo bastante no jiu-jítsu também. Se eu receber a oportunidade de enfrentar o Demetrious, pode ter certeza que vou sentar com minha equipe, o André Pederneiras, o Jair Lourenço, e a gente vai formar a melhor estratégia possível para lutar cinco rounds com ele e tentar quebrar esse ritmo dele - ele é um cara muito frenético, muito rápido - e, da melhor forma possível, encontrar uma brecha para encaixar o meu jogo - analisou Formiga.

Por: Adriano Albuquerque/Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário