quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Dedé Pederneiras: 'Perturbar o Aldo não é um bom rumo para ninguém'

Depois que TJ Dillashaw destronou Renan Barão e tomou o cinturão dos galos do brasileiro no UFC, em maio, a rivalidade entre as academias Team Alpha Male e Nova União foi aflorada de forma surpreendente. Se a meses atrás o respeito era mútuo, o que se vê atualmente é um clima tenso, assim como comprovou José Aldo durante a encarada que acabou com um empurrão em Chad Mendes no Rio de Janeiro, durante evento promocional do UFC 179.

O americano e o brasileiro trocam farpas via imprensa desde o anúncio da revanche. Em entrevista ao LANCE!Net, André Pederneiras, técnico e líder da equipe brasileira, avaliou as últimas provocações de Mendes a Aldo e deu sua opinião sobre as investidas do americano.

- Essas provocações estão deixando o Aldo mais inflamado, com certeza. Acho que pertubar o Aldo não é um bom rumo pra ninguém que está o desafiando - declarou o treinador.

A respeito dos treinamentos, Pederneiras avaliou a recuperação de José Aldo depois de uma lesão nas costas e no pescoço e deu sua opinião sobre o desenvolvimento do jogo do americano desde a primeira luta com o campeão, ocorrida há dois anos.





- O Aldo está bem para esse momento. Ele está fazendo fisioterapia direto por conta do problema do pescoço. É algo que preocupa a gente e sempre preocupou. Ele faz o treino e a fisioterapia em conjunto. Sobre o Chad, ele sempre foi um adversário difícil, desde a primeira luta. Ele vai continuar sendo difícil. Temos de nos precaver com o que ele tem feito de melhor e principalmente com a trocação, mas ele sempre será um adversário difícil - finalizou.

José Aldo e Chad Mendes se enfrentam no dia 25 de outubro, no Ginásio do Maracanãzinho, pelo UFC 179. O duelo, que vale o cinturão dos penas, é uma revanche do confronto ocorrido em janeiro de 2012 e vencido pelo brasileiro no primeiro assalto por nocaute.

Por: Luis Fernando Coutinho/Lancenet
Foto: Isabella Pina

Nenhum comentário:

Postar um comentário