quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Cigano fala de Minotauro: "Ninguém deve influenciar ele a se aposentar"

O anúncio de Rodrigo Minotauro que iria se aposentar do MMA deixou muitos fãs do lutador já com saudade de suas grandes lutas, principalmente do período que se apresentava no extinto Pride, no Japão, durante os anos 2000. Amigo do baiano, o peso-pesado Junior Cigano comentou no "Sensei SporTV" do último sábado sobre a declaração de Minotauro e lembrou dos momentos de início da carreira em que sentia emoção por treinar junto de um grande campeão das artes marciais mistas.

- É difícil. Aposentadoria é algo muito complicado. É exatamente isso que está acontecendo: ninguém tem que influenciar ele a se aposentar. Ele tem que dizer para si próprio que chegou a hora de parar. Se ele achar que não dá mais, acho que é o momento sim, de parar. Mas ele para só no final de 2015, então, acho que nesse tempo ainda vai dar para gente ver mais um pouco dele em atividade. Meu maior ídolo é o Minotauro. Um cara q eu aprendi a lutar. Quando comecei a treinar com ele, para mim, foi incrível. Eu pensava: "estou treinando com o cara que foi campeão no Japão, no Pride". Não tinha tempo ruim. Independente se estivesse doente, chovendo, o que fosse, a gente ia treinar - disse Cigano.

Apesar de se espelhar prioritariamente em Minotauro, Junior Cigano revelou que outros nomes do MMA também o influenciaram na construção de seu estilo de lutar, desde a lenda russa Fedor Emelianenko até Jon Jones, que vem dominando com certa tranquilidade a divisão dos meio-pesados do UFC.

- Então, o meu grande ídolo no esporte é o Minotauro, mas a gente sempre fica de olho no que está acontecendo. O Fedor é outra grande inspiração, pelo que ele fez nos pesados, foi o maior campeão na categoria no MMA. Hoje em dia, a gente tem grandes talentos, como o Jon Jones, que está muito bem. Dessa maneira, eu tento pegar tudo um pouco do que está acontecendo, assim a gente se renova também - concluiu o ex-campeão peso-pesado do UFC.





Vencedor do TUF Brasil 3 na categoria dos pesos-médios, Warlley Alves também fez questão de prestar sua homenagem a Rodrigo Minotauro. O lutador, que irá lutar na divisão dos meio-médios no UFC, falou da humildade que um dos maiores nomes do MMA do país sempre demonstrou ao longo da carreira.

- Eu admiro muito o Minotauro também. É um cara que vai te ver em um evento brasileiro e vai te cumprimentar pela luta. A humildade que ele tem é muito legal. Eu lutava no Jungle Fight, e ele falou que viu, parabenizou,é muito legal. Então, quem perde com essa aposentadoria é o fã. E eu sou fã dele. Mas ele tem a cabeça e as prioridades dele, e acho que nada pode apagar o que ele fez pelo Brasil no MMA. Antes de eu começar a pensar em lutar, ele já era campeão do Pride, lutando com o Bob Sapp, que ninguém queria enfrentar na época, então, eu tenho muita admiração por ele - concluiu Warlley.

Por: SporTV
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário