sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Belfort desabafa sobre fase difícil: 'Nunca desistiria do cinturão do UFC'

Desde que tornou público o uso do TRT (Tratamento de Reposição de Testosterona) Vitor Belfort lida com a desconfiança de fãs e adversários dentro UFC. O tratamento que o brasileiro utilizava aliado a seu sucesso no octógono gerava reações. Após grandes vitórias, o Fenômeno conseguiu a chance de disputar o cinturão dos médios contra Chris Weidman, em maio deste ano. Porém, com o banimento do TRT, foi obrigado a deixar o duelo e meses depois teve de divulgar o resultado de um antidoping surpresa no qual tinha falhado. Hoje, depois de enfrentar e ser absolvido pela Comissão Atlética de Nevada, a situação é outra.

Belfort se explicou diante da comissão mais respeitada do mundo das lutas e, enfim, ganhou a licença para usufruir do direito legítimo de enfrentar o campeão dos médios em disputa de cinturão programada para o dia 6 de dezembro, em Las Vegas, pelo UFC 181. Em entrevista ao LANCE!Net, o Fenômeno afirma que não teve dúvidas de que após o momento conturbado sua hora de brigar pelo título iria chegar.

- Nunca (tive dúvidas de que iria disputar o cinturão). Eu conquistei meu espaço e ninguém poderia tomá-lo de mim. Nunca ia desistir de lutar pelo cinturão do UFC. Agora estou pronto para mais uma nova fase do Vitor Belfort, que mais uma vez venceu os obstáculos colocados em sua frente e se reiventou - desabafou o lutador.





Como um dos maiores nomes do MMA mundial, Vitor tem sua legião de fãs e faz questão de lembrar do apoio recebido durante os momentos difíceis. O brasileiro não esquece quem lhe deu apoio no momento complicado e manda uma mensagem a seus fãs, prometendo um "espetáculo" contra Weidman.

- Nunca desistam dos seus sonhos e acreditem no seu potencial, mesmo se colocarem um obstáculo enorme na sua frente. Lutem com fé, honestidade e respeito. Dia 6 de dezembro esperem um grande espetáculo. Obrigado pelo apoio e torcida sempre - agradeceu.

Por: Carlos Antunes e Luis Fernando Coutinho/Lancenet
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário