terça-feira, 1 de julho de 2014

Sonnen é demitido de programa de TV do UFC por falhar em antidoping

Depois de falhar em um segundo teste antidoping surpresa administrado pela Comissão Atlética do Estado de Nevada, Chael Sonnen não faz mais parte do UFC e teve o seu contrato rescindido com a emissora de TV americana parceira do Ultimate. A informação foi dada em primeira mão pelo site “MMA Junkie” e confirmada pelo UFC em comunicado:

“O UFC e a FOX Sports anunciaram hoje o término de seus respectivos contratos de radiodifusão com o analista Chael Sonnen. Essa decisão foi tomada depois que Sonnen falhou em um segundo teste antidoping conduzido pela Comissão Atlética de Nevada para substâncias banidas em junho. Sonnen estava cumprindo suspensão prévia pela Comissão Atlética de Nevada por falhar em um teste inicial conduzido em maio “, dizia  o texto.

Com um cartel de 28 vitórias, 14 derrotas e um empate, Chael Sonnen anunciou a sua aposentadoria como atleta em 11 de junho, depois de ser flagrado com substâncias proibidas em um teste antidoping solicitado pela comissão em maio. Na época, o órgão solicitou exames tanto do americano quanto de seu adversário no UFC 175, Wanderlei Silva, que se recusou a se submeter ao teste e acabou sendo substituído por Vitor Belfort. O duelo, no entanto, foi cancelado depois que os resultados do antidoping vieram à tona. Mais tarde, no dia 17 de junho, a comissão decidiu suspender temporariamente a licença do falastrão, que foi convidado a depor em uma audiência que se realizaria no próximo dia 23 de julho.





Como apresentador e analista, Sonnen estava à frente do “UFC Tonight”, programa semanal de TV do Ultimate há cerca de um ano, ao lado de Kenny Florian.

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário