domingo, 29 de junho de 2014

Hacran Dias perde para Ricardo Lamas e sofre segundo revés seguido

Hacran Dias conseguiu equilibrar a luta contra o número três da divisão dos penas, Ricardo Lamas, mas acabou sofrendo sua segunda derrota consecutiva, por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28), no UFC: Swanson x Stephens, em San Antonio (EUA), na madrugada de sábado para domingo. O brasileiro já vinha de revés para Nik Lentz, em maio do ano passado. Agora são 21 vitórias, três reveses e um empate na carreira. O americano se recuperou da derrota na disputa do cinturão da categoria contra José Aldo e soma 14 triunfos e três reveses.

Hacran começou confortável na luta em pé, dominando o centro do octógono e soltando bons chutes. Lamas tentou derrubas, mas o brasileiro se defendeu bem e combinou para jab e direto na sequência. O americano soltou chute baixo na base, mas recebeu um forte jab. O atleta da Nova União tentou surpreender na metade do round com um double leg, mas não conseguiu derrubar. Lamas inverteu a posição, deixou o brasileiro com as costas na grade, mas também não teve êxito para colocar para baixo. O árbitro separou os dois, e Hacran foi para cima na reta final do primeiro assalto, conectando alguns bons golpes. Lamas acertou um chute alto nos segundos finais, mas recebeu um chute baixo no fim.





O início do segundo round foi com os atletas disputando a pegada. Lamas quase aplicou a queda, mas Hacran se levantou cedendo as costas para o rival, que ficou cinturado nas costas dando joelhadas na coxa. Hacran Dias conseguiu ficar de frente e se desvencilhou. O americano voltou a clinchar e levar o adversário para a grade. Ele buscou o single leg, mas Hacran conseguiu se safar. Os dois voltaram para o centro, e Lamas combinou com socos e um chute na linha de cintura. Hacran respondeu com o overhand que fez Ricardo Lamas sentir e agarrar o brasileiro rapidamente. Ele conseguiu derrubar Hacran DIas, que se levantou rapidamente e, no clinche, deu boa joelhada na linha de cintura.O brasileiro encurtou a distância e entrou no double leg, sem sucesso, e o round terminou com os lutadores clinchados.

O córner de Hacran Dias pediu para ele não permitir ser colocado para baixo, mas logo nos primeiros segundos Ricardo Lamas já conseguiu se impôr. O brasileiro não aceitou a queda com facilidade e ficou de pé, mas o americano permaneceu cinturado e dando joelhadas.Ele fez a transição para as costas, colocou os dois ganchos e envolveu o pescoço de Hacran, que se defendeu bem e inverteu a situação colocando o rival por baixo. Ele ainda se livrou de uma guilhotina e ficou por cima por algum tempo, mas não segurou Lamas no chão. Após buscar outra queda, tentou um crucifixo e perdeu a posição, ficando por baixo, mas se levantou rapidamene. Foi a vez de Ricardo Lamas ir para as costas, mas Hacran Dias voltou a ficar de frente, defendeu a queda e deu cotoveladas na cabeça do americano, que não conseguiu derrubar.

Por: Combate
Foto: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário