quinta-feira, 26 de junho de 2014

Campeão do UFC culpa Copa do Mundo por baixa nas vendas de evento

Demetrious Johnson é atualmente um dos maiores nomes do UFC no que diz respeito a domínio de categoria. Campeão dos moscas, o americano já defendeu seu título por quatro vezes e ainda não encontrou um adversário que ameaçasse seu reinado. Porém, o lutador sofre com a falta de apelo que seus eventos têm. O UFC 174, que aconteceu no último dia 14 de junho, em Vancouver, Canadá, onde defendeu seu cinturão contra Ali Bagautinov na luta principal, registrou, segundo números preliminares, uma vende aproximada de 100 mil pay-per-views. E, para o americano, outro evento esportivo pode ter influenciado no resultado.

Em entrevista ao site "Sherdog", Johnson afirmou que a Copa do Mundo do Brasil estaria tirando as atenções dos eventos do Ultimate. O americano acredita que a maior organização de MMA do mundo está competindo com o evento.





- Meu trabalho é subir no cage e lutar. Claro, fiz o meu melhor ao tentar promover o evento e cumpri várias entrevistas. Mas, no fim das contas, estamos competindo com a Copa do Mundo, então há diversas variáveis. Talvez o card não tivesse muito brilho. Talvez as pessoas não queriam assistir ao show - ponderou o campeão dos moscas.

O UFC 174 aconteceu em 14 de junho, dois dias após a abertura da Copa do Mundo do Brasil. No card do evento estavam nomes como Rafael Feijão, Ryan Bader, Andrei Arlovski e Rory MacDonald.

Por: LANCEPRESS!
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário