domingo, 15 de junho de 2014

Andrei Arlovski vence Schaub em retorno ao UFC, mas não convence

O retorno de Andrei Arlovski ao UFC não foi como ele esperava, mas o bielorrusso, que não pisava no octógono desde março de 2008, acabou vencendo Brendan Schaub na decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28). O duelo dos pesos-pesados foi lento e monótono, com poucos momentos de perigo e com os lutadores demonstrando muita cautela e se estudando bastante. Arlovski acertou dois ganchos e buscou o clinche, mas a luta voltou para o centro do octógono com o americano acertando dois socos de direita. A luta voltou para o centro da jaula e depois para a grade, com os dois atletas trocando joelhadas nas pernas e com Schaub acertando joelhadas no corpo de Andrei, que respondeu com joelhadas na perna do adversário.

No início do segundo round,  “Pitbull" acertou a região genital do adversário e o árbitro interrompeu a luta por alguns instantes. O duelo recomeçou com os lutadores trocando alguns golpes e com Andrei insistindo em pressionar o oponente na grande, mas sem mostrar muita efetividade no ataque. Schaub acertou um overhand de direita, que não pegou em cheio e Arlovski respondeu com  um chute alto, que passou no vazio. O bielorrusso fintou e acertou dois socos no tronco do adversário, mas Schaub conseguiu a queda, com o adversário se levantando rapidamente. A torcida vaiou a falta de efetividade e Schaub conectou um upper de direita, que foi absorvido por Arlovski, que pareceu nem sentir.





No último assalto, Arlovski continuou buscando os clinches, mas Schaub conseguiu nova queda, caindo por cima e amassando o adversário no ground and pound. Arlovski se defendeu fechando a guarda, enquanto o americano golpeou com repetidos ganchos pequenos. Ele seguiu trabalhando no ground and pound até Arlovski explodir e a luta volta em pé, mas Schaub fechou a distância rapidamente, com o duelo voltando para o clinche. O bielorrusso tentou impor pressão nos segundos finais, mas sem sucesso. Com a vitória deste sábado, Arlovski chega à 22ª de sua carreira

St-Preux finaliza Jimmo e vence a quarta seguida

Ovince St-Preux emplacou a quarta vitória consecutiva no UFC ao finalizar Ryan Jimmo aos 2m10s, na primeira luta do card principal, pelo peso-meio-pesado (até 93kg). O canadense sofreu uma submissão verbal ao avisar que seu braço estava quebrado após a kimura ser encaixada. Na carreira, são 16 triunfos e cinco derrotas. Jimmo, por sua vez, perdeu a terceira em seis combates pelo Ultimate.

St-Preux começou se aproveitando da vantagem de envergadura para conectar seus golpes da média para a longa distãncia. Em duas oportunidades, balançou o canadense. Jimmo conseguiu encurtar e foi para o clinche, pressionando seu oponente contra a grade. O americano conseguiu inverter a posição, mas os lutadores voltaram para o centro do octógono. Jimmo passou a trabalhar seus chutes e acertou dois deles no corpo do rival. St-Preux ainda conseguiu uma queda no fim do round e chegou a pegar as costas, mas o canadense se levantou no fim e levou um cruzado de direita.

Ovince St-Preux começou bem o segundo assalto, conectando um direto de esquerda que desequilibrou Jimmo. O americano caiu por cima e fez a transição para as costas, buscando a finalização. Ele conseguiu atacar na kimura e garantiu a vitória.

Por: Combate
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário