quinta-feira, 3 de abril de 2014

Werdum quer provar que vitória sobre Fedor não terá sido auge de sua carreira

Se Fabrício Werdum tivesse que se aposentar hoje, por conta de alguma contusão ou alguma infelicidade, ele seria lembrado como o homem que finalizou Fedor Emelianenko.

“Até agora, esse foi o melhor momento da minhas carreira, foi um grande momento para mim, mas não quero ser lembrado apenas por esse feito quando me aposentar”, disse o gaúcho ao site “MMA Junkie”.

Werdum tem um novo desafio em 19 de abril, nos Estados Unidos, quando enfrenta o americano Travis Browne, para definir quem será o próximo desafiante de Cain Velasquez, campeão dos pesados do UFC.

O brasileiro não quer que o ponto alto de sua carreira seja a vitória sobre Fedor Emelianenko, Fabrício Werdum quer mais reconhecimento como atleta.

“Sei o quanto é importante essa luta para a minha próxima meta que é o cinturão. Eu quero lutar com o Velasquez então essa luta é muito importante para mim, estou indo lá para matar ou morrer. Não gosto quando as pessoas me restringem a um lutador de solo, eu tenho um bom jogo em pé e quero mostrar isso dentro do cage”, concluiu.





Por: Ag. Fight
Foto: UFC

Nenhum comentário:

Postar um comentário