domingo, 13 de abril de 2014

Werdum pede por aposentadoria de Minotauro: “Não precisa provar mais nada”

Convidado de gala para as transmissões do UFC no canal Fox Sports para a América Latina, o peso-pesado Fabrício Werdum não fugiu ao seu estilo sincero e declarou que, em sua opinião, o caminho correto para Rodrigo Minotauro seria o da aposentadoria após ser nocauteado por Roy Nelson em Abu Dhabi.

Nas palavras do atleta, o veterano ex-campeão do UFC e do Pride não precisa provar mais nada e que, passada a derrota, ele deve receber notícias do próprio Dana White sobre os desejos do evento para sua carreira.

“Ele não precisa provar mais nada. Acho que quem deve decidir isso é o Dana White. Mas acho que ele poderia parar. Ele já fez bastante dinheiro. Seu corpo já não aguenta mais, foram muitas cirurgias nos últimos anos”, declarou um dos possíveis desafiantes ao título da categoria.





Com compromisso agendado para o próximo dia 19 de abril, quando encara Travis Browne em duelo que vale vaga para desafiar Cain Velasquez, Werdum foi questionado pelo narrador do evento se a idade de Minotauro o teria atrapalhado.

No entanto, com idades muito próximas, tanto Werdum, Minotauro e Roy Nelson possuem desempenhos diferentes, baseados, de acordo com o gaúcho, no esforço feito ao longos dos últimos anos.

“O Rodrigo fez muitas cirurgias. Nos braços, quadris e joelhos, e isso atrapalha. Ele não tem mais aquela mobilidade no octógono. Ele tem 37 anos, e eu tenho 36, então você que número de lutas que ele fez interfere. Ele é uma lenda”, ressaltou.

Por: Ag. Fight
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário